Você está aqui:Home/Blog Observador do MMA/Mostrando itens por tag: muay thai
A+ R A-
Mostrando itens por tag: muay thai

O Curitiba Fight Pro retorna no dia 16 de dezembro com a quinta edição do evento promovido por Diego Marlon. Para essa edição que será realizada nas dependências da Academia Striker´s House em Curitiba, vai haver disputa de cinturão até 61 Kg e um inédito GP amador 70 Kg de Muay Thai com luvas de MMA. Em breve mais informações sobre o evento.

Informações adicionais


    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/prime926/public_html/templates/gk_musicity/html/com_k2/default/tag.php on line 94
Publicado em Últimas Notícias

Na noite de sexta-feira, dia 20 de outubro, a Academia Killer Bees em Campo Largo, região metropolitana de Curitiba, recebeu a Pesagem do Campeonato Paranaense de Muay Thai, organizado pea Federação Paranaense de Muay Thai e Muay Boran, presidida por Rodrigo Vidal. Na ocasião, aconteceu também um Concurso de Ringue Girls para o evento. CLIQUE AQUI para ver as fotos.

O evento acontece neste sábado (21) a partir das 14 horas na Klein Brewhouse.

Informações adicionais


    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/prime926/public_html/templates/gk_musicity/html/com_k2/default/tag.php on line 94
Publicado em Últimas Notícias

Neste sábado, dia 21 de outubro, acontece o Campeonato Paranaense de Muay Thai 2017, que será realizado pela Federação Paranaense de Muay Thai e Muay Boran na Klein Brewhouse em Campo Largo, região metropolitana de Curitiba. 

O evento terá início a partir das 14 horas e os ingressos estão sendo vendidos a 15 reais com 1 Kg de alimento não perecível.

Informações no cartaz.

Informações adicionais


    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/prime926/public_html/templates/gk_musicity/html/com_k2/default/tag.php on line 94
Publicado em Últimas Notícias

A Confederação de Muay Thai no Brasil, que tem o Grão Mestre André Gomes como presidente e Cristofer Padilha como representante da entidade no estado do Paraná, oferece neste momento um texto sobre a origem do Muay Thai, que a Primeiro Round publica na íntegra.

O Muay Thai (Boxe Tailandês)
É conhecida mundialmente como A Arte das Oito Armas, pois se caracteriza pelo uso combinado dos dois punhos + dois cotovelos + dois joelhos + dois 'canelas e pés', e associado a uma forte preparação física que a torna uma luta de contato total poderosa e eficiente.

Todo golpe do Muay Thai tem o objetivo de acabar com a luta (knock out). As combinações de golpes são certeiras e raramente se pode ver uma luta que chegue ao quinto round, pois geralmente o nocaute vem antes. Utilizam-se socos parecidos com os do boxe golpes com as 'canelas e pés', típicos desta luta, e também os joelhos e cotovelos.

O Muay Thai vem ganhando cada vez mais praticantes, é uma luta que desenvolve um ótimo condicionamento físico e mental, concentração e auto-confiança. Além disso, o treinamento ajuda as crianças e adolescentes a terem maior poder de concentração nas suas atividades paralelas.

O Muay Thai é tão popular na Tailândia quanto o futebol no Brasil, isso faz daTailândia a maior potência de tal esporte no mundo. Além de criadores do Muay Thai, os tailandeses também são os maiores lutadores do mundo na sua categoria, até 70 kg em média, isso devido os tailandeses terem uma estrutura física pequena.

História

A história de Boxe tailandês caminha lado a lado com a história do povo tailandês — a origem de ambos é, portanto, difícil de se descobrir.
Quando o exército birmane invadiu e arrasou Ayuddhaya, os arquivos de história tailandesa ficaram perdidos. Com eles, foi-se também muito da história do começo do boxe tailandês. O pouco que se sabe vem das escritas dos birmanes, registros de antigas visitas europeias e algumas das crônicas do reino de Lanna Chiangmai.

Existem várias versões sobre a origem do boxe tailandês. A mais aceita pela maioria dos mestres de boxe tailandês e também por vários historiadores tailandeses é a seguinte:

A origem de seu povo é a província de Yunnam, nas margens do rio Yang Tsé na China Central. Muitas gerações atrás eles migraram da China para o local onde atualmente é a Tailândia em busca de liberdade e de terras férteis para agricultura. Do seu local de origem, a China, até o seu destino, os tailandeses foram constantemente hostilizados e sofreram muitos ataques de bandidos, de senhores da guerra, de animais, e também foram acometidos de muitas doenças. Para protegerem-se e manterem a saúde, eles criaram um método de luta chamado "Chupasart".

Esse método de luta e auto-defesa fazia uso de diversas armas como por exemplo: espadas, facas, lanças, bastões, escudos, machados, arco e flecha, etc. No treino do "Chupasart", frequentemente ocorriam acidentes que causavam algumas vezes graves ferimentos aos praticantes. Para que eles pudessem treinar sem ferir-se, os tailandeses criaram um método de luta sem armas, o precursor do atual boxe tailandês. Assim eles podiam exercitar-se e treinar mesmo em tempos de paz e sem o risco de ferir-se. No início, o boxe tailandês era muito parecido com o kung fu chinês — um fato normal levando-se em conta a origem do povo tailandês. O antigo boxe tailandês utilizava-se de golpes com as palmas das mãos, ataques com as pontas dos dedos, imobilizações e mãos em garras para segurar o oponente. Com o tempo, ele foi modificando-se e transformou-se no estilo de luta que é hoje.

Antigamente, assuntos nacionais foram decididos em lutas de boxe tailandês. O primeiro grande registro sobre o boxe tailandês como luta e também como uma habilidade no campo de batalha, esta na época do rei Naresuan em 1584, um tempo conhecido como o período de Ayuddhaya. Durante este período, todo soldado treinava boxe tailandês e deveria usar o método, como o rei também o fez. Lentamente, o boxe tailandês se mudou para longe de sua raiz, o Chupasart, e técnicas novas da luta foram evoluindo. A mudança na arte foi continuada sob outro rei lutador — Prachao Sua, o Rei Tigre (ou Rei de Tigre). Ele amou o boxe tailandês tanto quanto amava a si mesmo; frequentemente lutava mascarado em locais de competição, e normalmente derrubava os campeões locais. Durante o reinado do Rei de Tigre a nação estava em paz. O rei manteve o exército ocupado ordenando o treinamento em Muay Thai. O interesse no esporte já era alto mas desde então o conceito do boxe tailandês havia aumentado consideravelmente. O boxe tailandês se tornou a favorita brincadeira e passatempo das pessoas, do exército e do rei. Fontes históricas mostram que as pessoas de todos os níveis e em momentos de suas vidas se reuniram para treinar em acampamentos. Ricos, pobres, jovem ou velhos, todos fizeram o treinamento no boxe tailandês em algum momento da vida. Hoje temos o que se pode chamar de boxe tailandês moderno.

As competições de lutas são antigas. Todas as aldeias organizavam seus prêmios e lutas, e tiveram seus campeões. Todos os torneios eram tanto uma competição de apostas como também de orgulho local. A tradição de apostar permaneceu no esporte e hoje são feitas em enormes somas de dinheiro. O boxe tailandês sempre foi popular, mas, como a maioria dos jogos esportivos, houve momentos em que estava mais na moda. No reinado do rei Rama V, muitos lutadores Muay eram lutadores da guarda real. Esses pugilistas foram recompensados com títulos do exército pelo rei. Hoje os títulos, como Muen Muay Mee Chue de Chaiya ou Muen Muay Man Mudh de Lopburi são virtualmente intraduzíveis. Eles querem dizer algo comparável a "especialização na arte de bater". Na época eles foram admirados e respeitados por esses títulos. O período de Rama V foi outra idade dourada do boxe tailandês. Lutas nos acampamentos eram constantes e valorizadas, e o Comando Real recrutou os pugilistas mais talentosos para fazerem parte da guarda do rei. Os promotores das lutas começaram a fazer as grandes lutas que distribuiam grandes prêmios e honra aos seus vencedores. Isto emocionava as pessoas tanto quanto os torneios principais que hoje se fazem em Bangkok, nas lutas em estádios. As lutas não eram feitas em ringues como nós conhecemos no atual boxe tailandês. Qualquer espaço disponível do tamanho certo era usado: um pátio, um descampado de aldeia, etc. As mudanças que o esporte sofreu foram radicais inclusive no uso de equipamentos. Por exemplo, lutadores tailandeses sempre usaram os chutes baixos. Um pontapé ou joelhada nos órgãos genitais, para os lutadores, eram um movimento perfeitamente legal até os anos 1930. Porém nessa época foi feita uma proteção de árvore, coqueiros ou conchas de mar onde envolveram o material com pedaços de pano amarrado entre as pernas e ao redor da cintura. Foi daí que surgiu a coquilha.

Em 1930 vieram as mudança mais radicais no esporte. Foi então que se introduziram as regras e regulamentos de hoje. Cordas amarradas aos braços e mãos foram abandonados e luvas passaram a ser utilizadas pelos lutadores. Esta inovação também se deve ao respeito e ao sucesso crescente dos pugilistas tailandeses no boxe internacional. Juntamente à introdução de luvas, vieram as classes de peso baseadas nas divisões do boxe internacional. Estas e outras inovações — como a introdução de cinco rounds — alteraram substancialmente as técnicas de luta que os pugilistas usavam, causando assim o desaparecimento de alguns lutadores importantes da época. Antes da introdução de classes de peso, um lutador poderia lutar com qualquer adversário de tamanho e peso diferentes. Porém, a introdução das classes de peso ajudou os lutadores a lutarem mais emparelhados e uniformemente, saindo de cada categoria um campeão. A maioria dos lutadores tailandeses pertencem às classes de peso mais baixas. Setenta por cento de todos os lutadores pertencem à mosca e divisões de pesos pequenos. Há médios e meio-pesados mas eles não são vistos com freqüência e as categorias mais pesadas raramente lutam.

Os estádios, antes dos ringues atuais, começaram durante o reinado de Rama VII, antes da Segunda Guerra Mundial. Durante a guerra, desapareceram gradualmente mas cresceram rapidamente logo depois — o Muay Thai não tinha perdido sua atração. Os pugilistas da parte norte do país uma vez mais estavam na direção da fama e fortuna em Bangcoc. A glória poderia ser encontrada em estádios como Rajdamnern e Lumpinee. Depois, eles passaram a lutar ao vivo pela televisão. O Canal 7 da Tailândia começou a exibir as lutas em cores há mais de 25 anos. Hoje a antiga arte de batalha evoluiu para um esporte popular.

Informações adicionais


    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/prime926/public_html/templates/gk_musicity/html/com_k2/default/tag.php on line 94
Publicado em Últimas Notícias

Em prol do Outubro Rosa, mês de prevenção ao câncer de mama, a Chute Boxe vai realizar um Aulão feminino de Muay Thai com a atual campeã do Invicta FC, Jennifer Maia. O aulão acontece no dia 18 de outubro (quarta-feira), ás 19 horas, na sede da Praça do Japão, no bairro Batel em Curitiba.

Informações adicionais


    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/prime926/public_html/templates/gk_musicity/html/com_k2/default/tag.php on line 94
Publicado em Últimas Notícias

Foi realizado no último domingo, dia 24 de setembro, no Ginásio Max Rosenmann, em São José dos Pinhais, região metropolitana de Curitiba,  o Campeonato Paranaense Amador de Muay Thai 2017, promovido pela Punhos de Aço Gym e CMTB.

O evento contou com 133 atletas inscritos, 17 cidades do Paraná, 30 equipes disputaram o título e cinturão de campeão paranaense, mais de 80 lutas realizadas nas regras do Muay Thai (boxe tailandês).

A equipe campeã foi a World Strong. Em seguida, ficou a Fight Lab e na terceira colocação ficou a Santa Fé Team.


Informações adicionais


    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/prime926/public_html/templates/gk_musicity/html/com_k2/default/tag.php on line 94
Publicado em Últimas Notícias

Neste domingo, dia 24 de setembro acontece o Campeonato Paranaense de Muay Thai amador, organizado por Cristofer Padilha, representante da CMTB. Os vencedores vão receber o título estadual e o cinturão de cada categoria. O evento terá início ás 7:45 da manhã e tem previsão de término até 19:30 horas. São mais de 10 cidades do Paraná envolvidas com 120 atletas inscritos.

O evento acontece no Ginásio Max Rosemann e os ingressos custam 10 reais, com 1 Kg de alimento não parecível que será doado para a APAE da cidade de São José dos Pinhais.

Informações adicionais


    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/prime926/public_html/templates/gk_musicity/html/com_k2/default/tag.php on line 94
Publicado em Últimas Notícias

Você vai acompanhar agora na Primeiro Round a história de Fernanda Bailo, que descobriu inúmeros problemas de saúde graças a má alimentação e ao sedentarismo. Fernanda deu a volta por cima e com a ajuda do Muay Thai e dieta rigorosa, mudou completamente seu estilo de vida.


E para comemorar toda essa mudança em prol da saúde e do bem estar, Fernanda Bailo aceitou o desafio e posou para o Ensaio Especial. Abaixo você confere o depoimento da atleta. Dividimos em seções para facilitar a leitura. Abaixo do testemunho você acessa o link para ver o ensaio completo.


Com o auxílio do Muay Thai, Fernanda Bailo muda estilo de vida


O INÍCIO:


“Minha luta contra a balança começou em 2012, quando minha mãe me disse “Você é tão bonita, por que não se cuida mais?” E então ela me deu de presente de aniversário uma consulta com um nutrólogo. Não fazia ideia o peso que estava e quando fui ao médico me assustei, pesava 92 Kg, com 1,67 de altura. Jamais imaginava que estava com quase 100 Kg. Além da estética, meus exames estavam todos errados, gordura no fígado, triglicerídeos e tudo mais. A primeira coisa que ele me disse foi “não tem jeito, é zero álcool e dieta a risca”. O que pra mim era horrível, eu sempre adorei tomar cerveja com as amigas e minha vida social era muito agitada”.


"Em 45 dias perdi 10 Kg, nem eu acreditava. A jornada foi longa, passei um tempo sob os cuidados do médico e cheguei aos 70 Kg em 2013. Sentia-me muito melhor, muito mais disposta. Parei de consultar com ele e comecei a fazer por conta, fiz dieta de todos os tipos, das mais amenas as mais rigorosas. Tive alguns problemas pessoais no meio do caminho e, como sou muito ansiosa, descontava tudo em comida e voltei a beber na mesma proporção que bebia.


A RECAÍDA:

No início de 2014 fiz um intercâmbio para os Estados Unidos e passei 30 dias lá. No dia da viagem já tinha recuperado 7 Kg, estava com 77. Quando voltei, fui me pesar e pra minha surpresa estava com 85 Kg. Foram 8 Kg em 30 dias. Fiquei apavorada! Entrei em uma academia, assessoria de corrida e voltei as dietas. Cheguei em um ponto que, quando comia qualquer besteira, passava mal, de tanto remorso.  Nunca fui ao médico para ver isso, mas acredito que estava prestes a desenvolver uma bulimia nervosa. Em seis meses voltei aos 75 Kg. Estava satisfeita comigo mesma. Mas logo vieram mais problemas pessoais e todo o problema de ansiedade retornou. Voltei aos 80 Kg rapidamente”.


A DECISÃO DEFINITIVA:


“Em 2015 decidi mudar de verdade, pra sempre. Não aguentava mais o efeito sanfona. Meu irmão é personal e comecei a treinar com ele, voltei pro muay thai, fazendo personal também. Montei uma dieta depois de estudar muito, não queria nenhuma dieta milagrosa, queria algo que sabia que levaria para a vida. E foi ali que me encontrei, encontrei o equilíbrio. Atividade física virou minha paixão, meu escape para toda crise de ansiedade. Quando antes descontava na comida, comecei a descontar na academia. Final de 2015 estava com 69 Kg".


A CONTINUIDADE:


"Em março de 2016 me submeti a uma intervenção médica estética, uma vez que já tinha me apaixonado pelo estilo de vida que vinha levando. Em abril fiz um trato com uma amiga, passar 30 dias sem beber, mas deveríamos manter a vida social normal. Essa decisão não foi tomada apenas por estética, foram vários motivos que me levaram a fazer esse teste. Me senti tão bem que resolvi aderir esse estilo de vida. 2016 bebi pouquíssimas vezes, porque de qualquer forma continuo gostando, mas hoje sei que a alegria do reflexo no espelho não combina com tudo que gostamos, e então precisamos renunciar certas coisas a partir do momento que decidimos o que nos faz mais feliz".


"Sempre disse que queria apenas ficar magra, e já estava. Mas notei que sempre queremos melhorar. Queria melhorar minha composição corporal, foi quando busquei uma nutricionista esportiva e comecei a fazer acompanhamento com ela, além de voltar pro muay thai em turma, na Free Spirit. Na primeira consulta pesava 65 Kg com 22% de gordura corporal. Com a ajuda dela e os treinos intensos, fui para 62 Kg com 15% de gordura. E a luta continua, porque os objetivos sempre mudam".


A RECOMPENSA:


"Hoje minha rotina é completamente diferente do que era em 2012. Rodízios apenas nas refeições lixo. Bebida não combina com meus objetivos, por mais gosto que tenho. Obviamente tomo uma cerveja vez ou outra, mas aprendi a sair e me divertir igual sem ter que beber. Academia já não é mais obrigação, é prazer, é terapia”.


“Faz mais de dois anos que mudei minha vida de verdade, que adotei um estilo de vida diferente. Abandonei o famoso “projeto verão” pra aderir o “projeto vida”. Aprendi que quem chora no inverno sorri sim no verão. Que o nosso corpo não se constrói meses antes do verão, mas sim o ano todo. E que a satisfação de um bom reflexo no espelho vale mais que qualquer esforço que seja necessário. Já dizia Chorão “Cada escolha uma renúncia”, mas as renúncias recompensam. O que vale é estarmos bem com a gente, é termos saúde pra viver".

 

CLIQUE AQUI PARA VER O ENSAIO ESPECIAL FERNANDA BAILO





Informações adicionais


    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/prime926/public_html/templates/gk_musicity/html/com_k2/default/tag.php on line 94
Publicado em Últimas Notícias

Cristofer Padilha, representante da Confederação de Muay Thai do Brasil (CMTB), abre inscrições para o Campeonato Paranaense amador de Muay Thai para todas as equipes filiadas e não filiadas a CMTB. O evento acontece dia 24 de setembro no Ginásio Max Rosenmann em São José dos Pinhais, região metropolitana de Curitiba e as inscrições vão até o dia 17 de setembro. 

Informações:  Whatsapp (41) 9 9902-7832

Informações adicionais


    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/prime926/public_html/templates/gk_musicity/html/com_k2/default/tag.php on line 94
Publicado em Últimas Notícias

Apesar da pouca idade, Duda Alves já tem um currículo na arte suave. A atleta que é natural de Paranaguá, cidade portuária no litoral do estado do Paraná, é multi-campeã de Jiu Jitsu e no próximo dia 2 de setembro vai fazer sua estreia no Muay Thai amador, durante a quinta edição da Copa ProAção de MMA. Aos 12 anos, a atleta treina na equipe OCS, comandada por Ocimar Costa e é aluna há três anos com graduação vermelha do professor e também atleta Rafael Baraka. 

A equipe parnaguara também conta com um atleta ilustre no plantel: John Liniker, que hoje pertence ao quadro do UFC, principal evento de artes marciais mistas do mundo.

"Estou bastante ansiosa para esta luta. Treino com os melhores na OCS e estou em boas mãos. Treinar com o Liniker é ótimo, ele é um exemplo para qualquer pessoa, batalhador, humilde e muito guerreiro", comenta Duda Alves, que vai enfrentar Hiaritza de Paula, da equipe Noguchi Team, da também cidade litorânea Antonina.

Um dos maiores incentivadores de Duda Alves é seu pai e empresário Guto de Jesus, que conta do desejo da atleta de se tornar profissional de MMA no futuro:

"É mais um grande passo na carreira dela, mais um degrau rumo ao desejo que ela tem de lutar, de ser lutadora profissional de MMA, então tudo que eu puder fazer para apoiar eu vou fazer".

Duda Alves se espelha na multi-campeã de Jiu Jitsu, Bia Mesquita e nas lutadoras de MMA Ronda Rousey e Holly Holm, mas seu início nas artes marciais se deu por conta de outro ídolo da parnaguara:

"Quando vi meu pai treinando, tive muita vontade de treinar também, desde então entrei nesse mundo maravilhoso das artes marciais. Hoje treino Jiu Jitsu e Muay Thai e tenho muita vontade de migrar para o MMA".

Informações adicionais


    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/prime926/public_html/templates/gk_musicity/html/com_k2/default/tag.php on line 94
Publicado em Últimas Notícias
Página 1 de 40

Comentários