Você está aqui:Home/Blog Observador do MMA/Itens filtrados por data: Setembro 2013
A+ R A-
Itens filtrados por data: Setembro 2013

Nesta quinta, dando continuidade a nossa série de análises das lutas do card do UFC que acontece em Goiânia, vamos encerrar o card preliminar e já começar o card principal.

Hoje vamos falar sobre os dois finalistas da primeira edição do TUF Brasil: Rony Jason e Godofredo Pepey.

Jason venceu Pepey em Belo Horizonte, consagrando-se campeão do reality.

Mas vamos começar pela última luta do card preliminar.  

Pepey é natural do Ceará, tem 26 anos, nove vitórias e duas derrotas na carreira.

Já tem três lutas na organização, sendo uma vitória contra Milton Vieira e duas derrotas, para Rony Jason e Felipe Arantes.

Treinando na Evolução Thai, em Curitiba, Pepey revelou em entrevista para nossa equipe que pretende surpreender Sam Sicilia em pé.

Sicilia tem 27 anos, 11 vitórias e três derrotas na carreira. Participante do TUF 15, o americano venceu Cristiano Marcello, para depois vir de duas derrotas seguidas: Rony Jason e Maximo Blanco.

Rony Jason é natural do Rio Grande do Norte, tem 29 anos, 13 vitórias e três derrotas na carreira. Tem três lutas e três vitórias no UFC. Não sabe o que é perder desde 2009.

Jeremy Stephens é americano, tem 27 anos, 21 vitórias e nove derrotas na carreira. Experiente, luta no evento desde 2007 e vem de uma vitória em maio deste ano.

Nesta sexta vamos falar sobre os seguintes combates: Brandon Thatch vs. Paulo Thiago e Ryan LaFlare vs. Santiago Ponzinibbio.

O UFC Fight Night 32 acontece em Goiânia no dia 9 de novembro.

Ontem aqui no Blog começamos a análise dos números do card do UFC que acontece em Goiânia no dia 9 de novembro e falamos dos duelos de Adriano Martins e José Maria "No Chance".

Nesta quarta, vamos falar de mais duas lutas do card preliminar deste evento que leva o nome de UFC Fight Night 32.

Thiago Perpétuo, conhecido como Bodão, está sem lutar há mais de um ano, por conta de uma lesão no joelho.O participante do TUF Brasil 1 fez sua última luta frente a Leonardo Macarrão, no evento que marcou a decisão do reality show que ambos participaram.

Bodão venceu por nocaute no terceiro round. O paulista tem nove vitórias e apenas uma derrota na carreira.

Seu adversário é o russo Omari Akhmedov, que possui 11 vitórias na carreira e está invicto.

Também no card preliminar, Thiago Tavares volta ao UFC após suspensão por doping.

O catarinense tem 28 anos, 17 vitórias e cinco derrotas na carreira, luta no UFC desde 2007 e vem de derrota em janeiro desde ano para Khabib Nurmangomedov.

Seu adversário é Justin Salas. O americano tem 31 anos, 11 vitórias e quatro derrotas na carreira. Tem três lutas no UFC, onde venceu duas.

Nesta quinta-feira, vamos falar aqui dos números para os seguintes combates: Godofredo Pepey vs. Sam Sicilia e Rony Jason vs. Jeremy Stephens. Fique ligado aqui no Blog!

Faltando exatos sete dias para nossa equipe embarcar para a cidade de Goiânia para a cobertura do UFC Fight Night 32: Belfort vs. Henderson, vamos começar aquela já tradicional análise do card aqui no blog e nesta terça vamos falar sobre as duas lutas de abertura do UFC que acontece na Arena Goiânia.

José Maria Tomé ou então José Maria "Sem Chance", que após a contratação virou "No Chance", é natural de Limoeiro do Norte, no Ceará, tem 31 anos, 33 vitórias e quatro derrotas na carreira. Invicto desde 2008, "No Chance" foi derrotado para John Liniker em sua estreia na edição de número 163 do evento por nocaute técnico.

Tenta reabilitação frente ao americano Dustin Ortiz, que tem 11 vitórias e duas derrotas na carreira e que fará sua estreia na organização.

Adriano Martins é manauara, tem 31 anos, 24 vitórias e seus derrotas na carreira. Oriundo do Strikeforce, onde fez uma luta e venceu, Martins fará sua estreia no UFC frente a Daron Cruickshank. americano, de 28 anos, 13 vitórias e três derrotas na carreira. Já fez quatro lutas no UFC, onde venceu três.

Nesta quarta vamos falar aqui dos combates de Thiago Tavares e Thiago "Bodão" Perpetuo. Fique ligado. UFC Goiânia na Primeiro Round já começou. O evento acontece no dia 9 de novembro.

Hoje eu vou usar este espaço aqui no blog, mas o texto não será meu. 

Quem escreve hoje é a estudante de jornalismo Rebeca Lapinski, que nos enviou uma crônica sobre a luta entre Junior Cigano e Cain Velasquez, combate que acontece no sábado, dia 19 de outubro, na cidade de Houston, nos Estados Unidos.

Rebeca, o espaço é seu. Seja bem vinda a Primeiro Round:
 

Junior Cigano contra-ataca (Texto de Rebeca Lapinski)

O brasileiro Junior Cigano sobe ao octógono para recuperar seu cinturão de pesos pesados. A luta tão esperada do UFC 166 fica por conta da trilogia, rivalidade e busca para o posto de campeão.

Tudo indica que seja uma luta objetiva, já que é o título de número 1 que esta em jogo. O nocauteador Cain Velásquez vem com folga da luta sobre o brasileiro Pezão, na disputa pelo cinturão em maio deste ano. O que para Cigano, seria um estímulo para a luta. Afinal se o brasileiro ganhar poderá ter um confronto verde e amarelo. Já que o brasileiro Fabrício Werdum, sonha com a idéia de revanche contra Cigano. Sabemos que tudo que ele precisa, é de um bom “contra ataque” para ganhar essa e levar o título. Mas afinal, o que esperar de Velasquez? O americano não costuma brincar em serviço! A fama de nocauteador continua com tudo e ele promete manter na luta.

Não há dúvidas que teremos uma grande luta. Não há favorito ao cinturão. Apenas dois grandes lutadores, com muitas vitórias na bagagem e poucas derrotas. Afinal, falamos de dois monstros dos pesos pesados, que não deixam a hegemonia da categoria ir por água abaixo.

Neste dia 15 de outubro, dia do professor, a Primeiro Round reuniu uma seleção de imagens que mostram o trabalho dos professores, instrutores e mestres nos córners de seus atletas.

Essa é a nossa homenagem a todos que ensinam as artes marciais e que sofrem junto com seus atletas na hora da luta, seja na vitória ou na derrota, eles estão ali, sempre juntos com seus pupilos.

 

Neste domingo já começaram as atividades do UFC Fight Night 29 no estado de São Paulo e durante esta semana você não vai perder nenhum lance de mais uma edição do Ultimate no Brasil.

Para que essa nossa cobertura fosse possível, gostaríamos de agradecer aos nossos patrocinadores em mais uma viagem pelos bastidores do maior evento de artes marciais do planeta.

E as marcas estarão em todas as notícias que publicarmos neste período entre domingo, dia 6 e quinta-feira, dia 10 de outubro, nas matérias relacionadas ao evento em questão.

Veja abaixo o banner com as marcas que estão patrocinando a Primeiro Round: CM System, Best Defense, Tanoshi, Infighting e Gile Ribeiro.

 

Olá, neste sábado aqui no blog a gente encerra a análise dos números para os combates do UFC Barueri, que acontece na quarta, dia 9 de outubro.

No dia 24 de setembro, começamos a falar desde a primeira luta, sempre uma por dia, e hoje, faltando um dia para o início das atividades do UFC na cidade paulista e também quatro dias para mais um evento do Ultimate em território brasileiro.

Para a luta principal, o UFC escalou Demian Maia frente a Jake Shields.

Paulista, com 35 anos, Maia possui 18 vitórias e quatro derrotas na carreira. Luta no UFC desde 2007, onde fez 16 lutas, vencendo 12. Já venceu Chael Sonnen e Dong Hyun Kim, coreano enfrenta Erick Silva no mesmo evento na próxima semana.

Demian Maia já disputou o cinturão, contra Anderson Silva, mas foi derrotado. Em  2012, perdeu para Chris Weidman, o atual campeão. A partir daí, o paulista desceu de categoria, fez três lutas e está com 100% de aproveitamento na 77 Kg.

Jake Shields é americano, tem 34 anos, 28 vitórias e seis derrotas na carreira. Oriundo do Strikeforce, fez seis lutas no Ultimate, onde venceu três. Vem e uma vitória, em junho deste ano.

Neste domingo, começam as atividades do UFC em Barueri. Fique ligado na cobertura diferenciada que faremos direto de lá. Até!

Chegamos ao co-main event do UFC em Barueri aqui em nossa análise das lutas no Blog. O evento acontece na próxima quarta, dia 9 de outubro, no Ginásio José Côrrea, mas há duas semanas já estamos analisando as lutas por aqui.

Hoje vamos falar sobre Erick Silva, que de promessa já entra no hall dos grandes atletas brasileiros no UFC.

Com 29 anos, natural do Espírito Santo e com 15 vitórias e apenas três derrotas na carreira, Erick Silva foi revelado pelo Jungle Fight, onde fez oiot lutas, vencendo sete, e um combate sem resultado (NC).

No UFC, estreou no histórico UFC Rio 1, em 2011; depois, no UFC 142, também no Rio, foi derrotado para Carlo Prater, em luta polêmica. Venceu Charlie Brenneman e foi derrotado para Jon Fitch, em 2012. E finalizou Jason High, em Fortaleza, em junho deste ano. São cinco lutas na organização e três vitórias.

Seu adversário, Dong Hyun Kim, é coreano, tem 31 anos, 17 vitórias e duas derrotas na carreira. Luta no UFC desde 2008, onde foram 11 lutas, entre elas, oito vitórias, incluindo as vitórias sobre TJ Grant, Nate Diaz e Paulo Thiago. No UFC, só foi derrotado para Carlos Condit e Demian Maia.

E por falar em Demian Maia, neste sábado a gente encerra nossa análise com a luta principal do UFC Barueri, onde o paulista encara o americano Jake Shields. E aí então, partiu Barueri para trazer a vocês a cobertura completo deste evento.

É,está chegando a hora demais um UFC no Brasil. E nesta quinta, faltando seis dias para o evento em Barueri, entramos na reta final de nossa análise dos lutadores do card com Thiago Silva, que enfrenta Matt Hamill.

Paulista, com 30 anos, 15 vitórias e três derrotas na carreira, Thiago Silva já é um veterano no UFC e luta no evento desde 2007. Fez 11 lutas na organização, vencendo seis, perdeu em três ocasiões e conta com dois NC (No Contest, sem resultado).

Vem de vitória em Fortaleza sobre Rafael Feijão, em junho deste ano.

Matt Hamill é americano, tem 36 anos, 11 vitórias e quatro derrotas na carreira. Luta no UFC desde 2006, onde fez 14 de suas lutas. Dessas, venceu 10 e vem de vitória, em setembro do ano passado, ou seja, está há 13 meses sem lutar.

Nesta sexta-feira, vamos falar do coevento principal da noite do dia 9 de outubro em Barueri, São Paulo, entre Erick Silva e Dong Hyun Kim. No sábado, fechamos a análise falando da luta principal, entre Demian Maia e Jake Shields.

Faltando exatos sete dias, uma semana para o UFC voltar a ser realizado em território nacional, vamos dar continuidade a nossa análise das lutas, já dentro do card principal e nesta quarta falaremos sobre Fábio Maldonado, que enfrenta Joey Beltran.

Maldonado é natural de Sorocaba, interior de São Paulo, tem 33 anos e um cartel de 19 vitórias e seis derrotas na carreira.

Luta no UFC desde 2010, quando venceu na estreia, para depois sofrer três derrotas consecutivas e em 2013, voltar a vencer, no evento em Jaraguá do Sul, em maio.

Seu adversário, é Joey Beltran, americano, que tem 31 anos, 14 vitórias e oito derrotas na carreira.

Tem nove lutas no UFC, onde venceu apenas três.

Faltando somente as três lutas principais do card do UFC em Barueri, que acontece no Ginásio José Côrrea no dia 9 de outubro, nesta quinta falaremos aqui no blog sobre Matt Hamill vs. Thiago Silva.

Na sexta, vamos falar do duelo de Erick Silva e no sábado, encerramos as análises com a luta principal do brasileiro Demian Maia.

Página 1 de 2

Comentários