Você está aqui:Home/Blog - Observador do MMA
A+ R A-
Blog - Observador do MMA
Avalie este item
(0 votos)

Os fãs que quiserem dar palpites nos indicados do Prêmio Melhores do Ano - Revista 1° Round 2013 tem um canal no Facebook especialmente para isto.

Foi lançado um Grupo no Facebook, onde os fãs vão poder conhecer um pouco mais sobre a premiação, saber quais serão as categorias para este ano e de quebra poder dar seu palpite sobre seu atleta favorito.

O Prêmio Melhores do Ano foi a primeira premiação envolvendo atletas de artes marciais mistas na mídia especializada brasileira.

Criado em 2007, a premiação, que é virtual, visa premiar ao final de cada ano os destaques nos eventos amadores e profissionais de Curitiba ou aqueles eventos nacionais que tiveram a cobertura presencial da Primeiro Round.

Durante o mês de novembro, um grupo de jurados escolhidos pela equipe da Primeiro Round vai votar e no mês de dezembro será lançado o resultado em formato de revista digital.

Para saber mais sobre o prêmio, conhecer os vencedores do passado e participar da edição 2013, clique aqui e entre no grupo.


Avalie este item
(1 Votar)

O que Cristiano Marcello, John Liniker e João Zeferino têm em comum?

Muitos dirão prontamente: São atletas do UFC. Outros dirão: São atletas do UFC do Sul do Brasil.

Mas as semelhanças não param por aí. Os três atletas foram ao UFC após conquistar o cinturão do Nitrix Champion Fight. Você sabia?

João Zeferino, atleta da Nitrix Fight Team, conquistou o cinturão contra Givago Francisco, na 12ª edição do evento em Blumenau e defendeu na edição de número 14, em Camboriú, contra Wellington Monalisa.

Após, foi contratado pelo UFC e lutou na cidade de Jaraguá do Sul frente a Rafael Natal, onde foi derrotado, mas já tem compromisso para sua segunda luta, que será no dia 4 de setembro, em Belo Horizonte, contra Elias Silvério.

Cristiano Marcelo conquistou o cinturão na sexta edição do evento, na cidade de Bruque, contra Oriol Gaset, onde venceu por decisão unânime, em 2011. 

No ano seguinte, participou do TUF 15: Cruz. Faber, onde foi derrotado por Sam Sicilia; venceu Reza Madadi no UFC 153, no Brasil em outubro e em 2013 perdeu para Kazuki Tokudome no Japão. Ainda não tem luta marcada na organização.

John Lineker, conquistou o cinturão também na sexta edição do evento catarinense, em 2011, lutou o Shooto e o Jungle Fight, para ser contratado pelo UFC em 2012, onde já fez quatro lutas: Foi derrotado na estreia para Louis Gaudinot e vencendo Yasuhiro Urushitani, Azamat Gashimov e José Maria Sem Chance. Seu próximo duelo é em novembro na Inglaterra frente a Phil Harris, luta que pode colocar o parnaguara na linha de frente para a disputa do cinturão do UFC.

O Nitrix Champion Fight começou suas atividades em 2009 e já realizou 15 edições nas cidades catarinenses de Joinville, Camboriú, Brusque, Blumenau, Balneário Camboriú, Itajaí e no próximo dia 31 de agosto vai fazer sua primeira edição fora do estado de Santa Catarina. A 16ª será em Americana, interior de São Paulo.

Quarta, 21 Agosto 2013 10:41

Maratona de lutas no UFC nas próximas semanas

Escrito por
Avalie este item
(0 votos)

Três eventos em uma semana. É assim que vai ser o final do mês de agosto e o início de setembro para o UFC.

A partir da próxima semana, a organização começa a realizar eventos nas quartas-feiras. No dia 28 de agosto, acontece o Fight Night 27, com Carlos Condit e Martin Kampmann na luta principal. O evento acontece em Indianapolis, nos Estados Unidos com apenas um brasileiro: Rafael dos Anjos, que encara Donald Cerrone.

No sábado, dia 31 de agosto, acontece o UFC 165, em Milwaukee, Estados Unidos, com a disputa de cinturão entre Benson Henderson e Anthony Pettis. Único brasileiro no card, Gleison Tibau enfrenta Jamie Varner.

No dia 4 de setembro, uma outra quarta-feira, acontece o Fight Night 28, em Belo Horizonte, Minas Gerais, com Glover Teixeira e Ryan Bader na luta principal.

Uma verdadeira maratona para os fãs do MMA nos próximos dias. E claro que aqui na Primeiro Round você não perde nennhum lance. Fique ligado!

Avalie este item
(0 votos)

Na noite de quinta-feira (15), foi inaugurado o site Olhar do Fã no MMA, com um coquetel em uma academia no bairro Moema, em São Paulo. O site, foi criado por Aline Bak, que é também correspondente da Primeiro Round em São Paulo e já mantinha um blog com o mesmo nome.

O coquetel contou com a presença dos lutadores Fabio Maldonado, Daniel Sarafian, Danilo Marques de Carvalho, Felipe Sertanejo, Allan Puro Osso e o preparador físico de Demian Maia, Diego Andriello. Estiveram presentes empresários da área e jornalistas da mídia de MMA. O evento contou também com a presença especial de Georgia Schreiber e Fernando Mucci do UFC.

“O evento foi um importante marco para o site e fiquei muito feliz por compartilhar este momento com os meus convidados.  Dedicação, seriedade e emoção são fundamentais para o trabalho que venho realizando, culminando com este instante tão especial”, diz Aline Bak.


Trajetória:


Profissionalismo, talento, paixão e emoção.  Valores que descrevem a essência do site OLHAR DO FÃ NO MMA, criado por Aline Bak. Tudo começou após ser convidada para escrever um artigo na revista Tatame sobre sua experiência em Las Vegas como fã de uma luta de MMA. Logo após, Aline idealizou seu blog, passando a fazer a cobertura dos grandes eventos. A partir daí  expande sua participação para as redes sociais (twitter, facebook, youtube, instagram) , fazendo um trabalho sério mas com muito brilho no olhar. Atualmente Aline também é colaboradora da revista Tatame, além de ser fonte para a mídia especializada em MMA.

Passado pouco mais de um ano, constatando a necessidade de ampliar seu blog com todo o material que desenvolve e com a certeza cada vez maior que seu trabalho também deveria ser dedicado àquelas pessoas que curtem as lutas, Aline lança o site “Olhar do Fã no MMA”.

O objetivo do site é propiciar o engajamento e a interação entre os fãs de MMA, respeitando suas preferências  e seus desejos. Dessa forma, o conteúdo do site abordará informações gerais, entrevistas com lutadores, treinadores, preparadores e fãs e análises das lutas; também mostrará os bastidores, vídeos e áudios, além de um canal em inglês, já que Aline também escreve para o site norte-americano, The MMA Corner . A novidade é o canal exclusivo que contará com a participação dos fãs, que são os grandes responsáveis pelo crescimento e visibilidade do esporte em nosso país e no mundo.


Conheça o Olhar do Fã no MMA: www.olhardofanomma.com.br e abaixo as fotos do Coquetel de Lançamento do site.

Vídeo relacionado

Avalie este item
(0 votos)

O MMA ganhou no Brasil proporções jamais vistas no país nos últimos tempos e a prova disso é o surgimento de muitos eventos em vários estados.

Com isso, surge também novas mídias especializadas e os grandes portais também se interessam pela cobertura.

Muitos dos eventos tentam se espelhar no UFC, o maior evento de artes marciais mistas do mundo e estão dando verdadeiros shows para o público.

Alguns porém, ainda pecam na falta de estrutura e na falta de qualidade para o trabalho da imprensa.

Um dos pontos importantes é a iluminação do cage. Uma boa luz trará o trabalho do fotógrafo mais prazeiroso e a divulgação do evento se torna ainda maior.

Entramos em contato com o pioneiro no fotojornalismo de MMA no Brasil, para saber se hoje em dia a luz no cage está satisfazendo o trabalho dos profissionais.

Marcelo Alonso, jornalista que hoje é líder do Portal do Vale Tudo, juntamente com Gleidson Venga, cobriu os primeiros eventos de MMA do Brasil, como o Meca e dá sua opinião sobre a iluminação nos dias de hoje e na época do Vale-Tudo:

"A luz é tudo na fotografia. Uma luz perfeita seria aquela bem difusa por toda a área de luta, onde não seja necessário fazer ajustes no diafragma dependendo de onde a luta cair. Acho que todos os principais eventos que tem a coordenação de uma equipe de iluminação de TV (transmissão ao vivo) já seguem um padrão legal, mas para quem fotografou o Meca 1 que tinha duas luzes de refletor presas ao dois postes de ringue e mais nenhuma luz, hoje tudo é festa".

Alonso compara a iluminação do UFC como a de grandes eventos do MMA Nacional:

"No UFC a luz é muito boa, mas infelizmente temos que ficar distantes da grade o que acaba prejudicando a qualidade do material. No Jungle, Bitetti, WOCS e Shooto pelo menos podemos ficar próximos ao ringue com uma condição quase tão boa quanto o UFC".

Porém, o fotojornalista faz uma ressalva sobre os eventos nacionais: "O card forte é o mais importante, não adianta ter boa luz sem boas lutas".
 

Abaixo você vê algumas imagens feitas por mim, Marcio Valle, que acredito serem tiradas em eventos onde a iluminação cumpriu o seu papel.

Vídeo relacionado

Avalie este item
(0 votos)

Hoje o Blog retorna para nossa tradicional análise dos números de mais uma luta muito esperada pelos fãs: Maurício Shogun Rua enfrenta o falastrão Chael Sonnen, no sábado, dia 17 de agosto, na cidade de Boston, nos Estados Unidos. Vamos falar também dos brasileiros Iuri Marajó e Diego Brandão, que completam o card.

Shogun tem 31 anos, 21 vitórias e sete derrotas na carreira.

Desde que lutou pela primeira vez contra Lyoto Machoida, em 2009, o cartel do curitibano se mantém com vitórias e derrotas intercaladas. Perdeu pro Machida, venceu Machida; Perdeu para Jon Jones, venceu Forrest Griffin; Perdeu para Dan Henderson, venceu Brandon Véra e na última luta, em 2012, foi derrotado para Alexander Gustafsson.

O falastrão Chael Sonnen, tem 36 anos, 27 vitórias e 13 derrotas na carreira. Vem de duas derrotas, curiosamente, duas disputa de título, contra Jon Jones e Anderson Silva.

O brasileiro Iuri Marajó vai ter o desafio mais difícil desde que entrou no UFC.

Com 33 anos e um cartel de 28 vitórias e quatro derrotas, o paraense tem cinco lutas na organização, venceu três, tem uma derrota e uma luta considerada "sem resultado". Urijah Faber é americano, tem 34 anos, 28 vitórias e seis derrotas na carreira. Vem de duas vitórias frente a Ivan Menjivar e Scott Jorgensen.

O cearense Diego Brandão, campeão do TUF 14, tem 26 anos, 17 vitórias e oito derrotas na carreira.No UFC, são três vitórias e apenas uma derrota. Seu adversário é Daniel Pineda.

O UFC Fight Night 26 acontece no sábado a noite e terá a transmissão do Canal Combate.

Avalie este item
(0 votos)

A Primeiro Round já está no Rio de Janeiro desde terça-feira, dia 30 de julho,  para fazer a cobertura do UFC 163, a quarta edição do UFC Rio, que acontece no sábado, dia 3 de agosto, mas que conta com atividades durante toda a semana, como sessão de autógrafos nesta quarta, treinos abertos e Coletiva de Imprensa na quinta e Pesagem na sexta.

O evento está sendo bem divulgado em toda a Cidade Maravilhosa. Registramos este ponto de ônibus, na Barra da Tijuca nesta quarta (31) pela manhã.

Fique ligado em nossa cobertura que vamos trazer tudo que está rolando na semana do UFC no Brasil. Acesse também a nossa Fan Page no Facebook (facebook.com/primeiroroundmma) que estaremos postando imagens em tempo real dos bastidores desta semana por aqui.

Conheça as empresas que apoiam a Primeiro Round no UFC 163:

 



Avalie este item
(1 Votar)

Nesta segunda-feira, dia 29 de julho, abrirmos a semana de lutas do UFC 163 com a análise dos números das três lutas restantes do card: Os duelos de Cézar Mutante, Lyoto Machida e José Aldo.

Cézar Mutante vs. Thiago Santos "Marreta"

Natural de Ibitinga, São Paulo, Cézar Mutante tem 28 anos e um cartel de cinco vitórias e duas derrotas na carreira.Campeão da primeira edição do TUF Brasil, Mutante ficou afastado do octógono por causa de lesão, que o perseguiu e cancelou alguns compromissos marcados para anteriormente. No UFC, Mutante venceu Serginho Moraes em junho de 2012.

Seu adversário é Thiago Marreta, participante da segunda edição do reality show gravado no Brasil em 2013.Marreta é carioca, tem 29 anos, oito vitórias e apenas uma derrota na carreira. Foi revelado pelo evento nacional WOCS.

Lyoto Machida vs. Phil Davis 
 

Lyoto Machida, o dragão de Belém, do Pará, tem 35 anos, 19 vitórias e três derrotas. Veterano no UFC desde 2007, Machida já foi campeão da categoria e dono do cinturão, mas perdeu o título para Maurício Shogun (hoje o cinturão pertence a Jon JOnes). O paraense está invicto há duas lutas, pois vem de vitórias contra Ryan Bader e Dan Henderson.

Phil Davis tem 28 anos, americano, possui 11 vitórias e apenas uma única derrota na carreira. Luta no UFC desde 2009, e vem de duas vitórias (Wágner Caldeirão e Vinny Magalhães).
 

José Aldo vs. Chan Sung Jung

Por fim, vamos falar do campeão José Aldo Junior, amazonense de 22 anos, tem 22 vitórias e só uma derrota na carreira.Oriundo do WEC, onde fez oito lutas e venceu todas, já entrou no UFC como campeão, fez quatro defesas e venceu todas.

Quem é Zumbi Coreano?

Chan Sung Jung, nasceu na Coréia do Norte, mas mora na Coréia do Sul. Tem 26 anos, 13 vitórias e três derrotas na carreira. Lutou no WEC duas vezes e perdeu as duas. No UFC, tem três lutas e venceu todas.

E com essa post, encerramos a análise do card do UFC Rio 4. Nesta terça embarco para o Rio de Janeiro e vou trazer aqui no blog fotos exclusivas de bastidores. Fique ligado na cobertura da Primeiro Round em mais um UFC no Brasil. A Fight Week só está começando!

Até mais!

Avalie este item
(0 votos)

A atleta Jéssica Andrade está na cidade de Seattle, nos Estados Unidos, para enfrentar Liz Carmouche neste sábado no UFC: Jonhson vs. Moraga, e concedeu uma entrevista para o jornalista Ariel Helwani, do site MMA Fighting, e entre outros assuntos referentes ao combate da primeira brasileira a lutar no UFC, Jéssica Andrade falou sobre a sua homossexualidade assumida.

Assista a entrevista abaixo:

Vídeo relacionado

Avalie este item
(0 votos)

Nesta sexta-feira, dia 26 de julho, terminamos de analisar os números dos atletas do card preliminar e começamos a falar do card principal do UFC 163, evento que acontece no dia 3 de agosto no Rio de Janeiro.

Acompanhe:

Vinny Magalhaes vs. Anthony Perosh 

Vinny tem 29 anos, carioca, 10 vitórias e seis derrotas. Luta no UFC desde 2012, quando venceu Igor Pokrajac e em 2013 foi derrotado para Phil Davis. Seu adversário é Anthony Perrosh, que com 
41 anos, o australiano tem 13 vitórias e sete derrotas na carreira. Vem de derrota para Ryan Jimmo em 2012.
 

John Lineker vs. Jose Maria Tome 

O parnaguara mão de pedra John Lineker, tem 23 anos, 21 vitórias e só seis derrotas na carreira. Fez três lutas no UFC, vencendo as duas últimas. Seu adversário é o estreante José Maria "Sem Chance", que tem 31 anos, 33 vitórias e somente três derrotas. Não sabe o que é perder há mais de 12 combates.


Thales Leites vs. Tom Watson

Thales Leites tem 32 anos, 20 vitórias e quatro derrotas na carreira. Volta ao UFC após quatro anos. Pra quem não se lembra, Leites enfrentou Anderson Silva pelo cinturão no UFC 97, em 2009 e foi derrotado em luta de cinco rounds. Tom Watson é inglês, tem 31 anos, 16 vitórias e cinco derrotas na carreira. Fez duas lutas no UFC. Perdeu na estreia, em 2012 e venceu em 2013.

 

Fica faltando apenas os duelos de César Mutante, Lyoto Machida e do campeão José Aldo, que vamos trazer na segunda-feira aqui no Blog para vocês, já dentro da semana de lutas do UFC 163. Até lá.

Avalie este item
(0 votos)

Dando continuidade a análise e números do card do UFC 163, evento que acontece na próxima semana no Rio de Janeiro, hoje vamos falar sobre mais três combates do card preliminar:
 

Iliarde Santos vs. Ian Mccall

Iliarde Santos, tem 32 anos e é natural de Belém, do Pará. Tem 27 vitórias e apenas 7 derrotas na carreira. Em sua longa jornada, já venceu Márcio Gracinha e Gilmar Manaus em Curitiba. Já foi derrotado por John Liniker no Jungle Fight. Em sua estreia no UFC, em Jaraguá do Sul, sucumbiu diante de Iuri Marajó, onde perdeu por nocaute.

Seu adversário é Ian Mccall, americano de 29 anos e 11 vitórias e quatro derrotas na carreira. No UFC, Mccall fez três lutas, um empate contra Demetrious Johnson, uma derrota para o mesmo e mais uma derrota para Joseph Benavidez.

 

Sergio Moraes vs. Neil Magny


O carismático Serginho Moraes, revelado pelo TUF Brasil em 2012, onde chegou as semi-finais, derrotado por Daniel Sarafian, que por lesão não pode fazer a final. Com isso, o atual representante da Evolução Thai fez a final em Belo Horizonte contra César Mutante, onde foi derrotado na decisão em uma excelente luta.

Serginho tem 31 anos, sete vitórias e duas derrotas na carreira. Vem de vitória sobre Reneé Forte no UFC 153, também no Rio de Janeiro.

Seu adversário é Neil Magny, americano de 25 anos e um cartel de oito vitórias e uma derrota. Estreou no UFC em fevereiro e venceu.

 

Amanda Nunes vs. Sheila Gaff


Amanda Nunes, a leoa dos ringues, será a segunda brasileira a lutar no UFC. Porém, a primeira a lutarem território brasileiro no maior evento de MMA do planeta.Baiana de 25 anos, Amanda tem sete vitórias e três derrotas.Em eventos nacionais, já venceu Deise Lee, Vanessa Porto e Ediane Gomes. Vem de derrota no Invicta FC de janeiro deste ano.

Sua adversária é Sheila Gaff, a alemã que ficou conhecida pela atitude anti desportiva que utilizou na luta contra Jennifer Maia em 2012. A curitibana foi cumprimentar e foi surpreendida por um golpe, que acabou nocauteando.

Com apenas 23 anos, Sheila Gaff tem 10 vitórias e cinco derrotas na carreira. Estreou no UFC em abril, onde foi derrotada  para Sara McMann.

Quarta, 24 Julho 2013 10:15

Mais duas lutas do card preliminar do UFC 163

Escrito por
Avalie este item
(0 votos)

Ontem nós começamos a falar aqui no blog sobre o card do UFC 163 com a luta de abertura entre Viscardi Andrade e Bristol Marunde.
 

Hoje vamos falar de mais dois combates do card preliminar do evento que acontece no dia 3 de agosto no Rio de Janeiro.
 

O brasileiro Rani Yahia, tem 28 anos e um cartel de 18 vitórias e sete derrotas. Oriundo do antigo WEC, Yahia tem quatro lutas no UFC, onde venceu três e vem de duas vitórias seguidas.


Seu adversário é Josh Clopton, americano de 32 anos, seis vitórias e uma derrota na carreira. Vem de derrota no evento que trouxe a final do TUF 14.
 

Francimar Bodão vai fazer sua estreia no UFC com 15 vitórias e três derrotas na carreira. Vem de vitória no WOCS em abril. Seu adversário é Ednaldo "Lula Molusco" Oliveira, que tem 29 anos e 13 vitórias na carreira, com apenas uma única derrota. Derrota essa que veio justamente em sua estreia no UFC 142 contra Gabriel Napão Gonzaga.

 

Terça, 23 Julho 2013 11:35

Análise da primeira luta do UFC Rio 4

Escrito por
Avalie este item
(1 Votar)

Nesta terça-feira fria em Curitiba, já nevou após 38 anos, vamos começar a falar sobre o card do UFC 163, evento que acontece no dia 3 de agosto no Rio de Janeiro e claro, estaremos lá trazendo toda a cobetura desta quarta edição do UFC na Cidade Maravilhosa.

E dessa vez, as análises das lutas vão acontecer aqui no Blog Observador do MMA.

Neste post, vamos falar sobre a luta de abertura entre Viscardi Andrade e Bristol Marunde.

Viscardi tem 14 vitórias e cinco derrotas na carreira. 

Já foi derrotado por Iuri Marajó (2010), Charles Do Bronx e Leandro Buscapé (2008) em eventos nacionais.

Já venceu Flávio Álvaro (2010), Dyego Roberto e Elizeu Capoeira em 2012.

No TUF Brasil 2, Viscardi venceu Thiago Jambo nas Seletivas e novamente dentro da casa. Depois, venceu David Vieira nas quartas-de-finais e perdeu para William Patolino na semi-final.

Bristol Marunde é americano, tem 31 anos e um cartel com 12 vitórias e oito derrotas na carreira.

Derrotado por Ronaldo Jacaré no Strikeforce em 2012, estreou no UFC em abril de 2013, quando foi nocauteado por Clint Hester no TUF 17 Finale.

Será que o brasileiro estreia com vitória na organização?

Avalie este item
(2 votos)

Nas edições da revista eletrônica 1° Round, com certeza você já percebeu, sempre da metade da revista em diante, uma seção chamada de "Ensaio Especial".
 

É um ensaio fotográfico com modelos que tem ligação com as artes marciais.
 

E este ensaio vem revelando novas ringue girls em eventos no Sul do Brasil.
 

Podemos citar: Dalila Kindermann (destaque na Playboy e ringue girl Nitrix Champion Fight), Mahara Oliveira (Musa do Atlético em 2009 e ringue girl do Gladiator em 2010), Greicy Schereder (ringue girl em 2012), Bruna Scuissiato (Musa do Coritiba em 2013 e ringue girl de vários eventos em 2013) e Jéssica Vitola (que estreia como ringue girl no segundo semestre de 2013).
 

Para a próxima edição da revista, que deve ser lançada durante o mês de agosto, já temos os ensaios definidos. Mas se você tem alguma sugestão para o Ensaio Especial das próximas edições, pode entrar em contato conosco.
 

Veja abaixo algumas fotos das modelos e ringue girls citadas acima.


Vídeo relacionado

Avalie este item
(0 votos)

Com apenas uma única derrota e 11 vitórias na carreira, a paranaense Cris Cyborg, de 28 anos, entra em ação neste sábado, dia 13 de julho, na sexta edição do Invicta FC, onde faz a luta principal frente a Marloes Coenen.

Cyborg tem nove vitórias por nocaute e chegou ao topo quando derrotou, no Strikeforce, a queridinha da América, Gina Carano. Mas depois disso, a carreira da curitibana ficou ameaçada por conta de um Doping, lutas mais tarde, que lhe custou o cinturão do evento e um ano de suspensão.

Cris Cyborg estreou no Invicta FC em maio, quando venceu Fiona Muxlow.

Marloes Coenen é holandesa, tem 32 anos e um cartel de 21 vitórias e cinco derrotas na carreira. São 11 finalizações.

As duas atletas já se enfrentaram em 2010, com vitória da brasileira por nocaute no terceiro round.

A revanche vale muito mais do que uma vitória. Vale o cinturão do Invicta FC.

Página 4 de 5

Comentários