Você está aqui:Home/Blog - Observador do MMA
A+ R A-
Blog - Observador do MMA
Avalie este item
(0 votos)

Atriz e apresentadora, Daniele Suzuki esteve na tarde de sexta-feira (04) no Centro de Treinamento do Team Nogueira, no Recreio dos Bandeirantes (RJ), para conhecer o programa de treinamentos Ladies Camp, que vem fazendo muito sucesso entre as mulheres. Praticante de outras modalidades como Capoeira, Surfe e Yoga, a atriz se mostrou encantada com a atividade realizada na academia liderada pelos ídolos do MMA, Rodrigo Minotauro e Rogério Minotouro. 

Em busca de aumentar a sua força muscular, Dani, se disse estar impressionada com a intensidade da modalidade. A atriz conheceu a atividade através de uma amiga, que já participa do programa há uma semana. 

"Achei interessante, pois foi um treinamento pesado de circuito, e focado só para mulheres, isso me chamou muita atenção e agora estou experimentando. Quero ganhar um pouco mais de força no braço, até porque isso é importante para os outros esportes que eu faço. Eu gosto de experimentar coisas diferentes, pratico Capoeira, Surf e Yoga, que já são esportes que eu amo. Na minha infância eu era bailarina, mas eu gosto de esporte de impacto", disse a atriz.

Daniele, que tem um filho chamado Kauai de dois anos com o seu ex-marido, o empresário Fábio Neves, disse que já praticou dentro de casa aulas de Muay Thai com o prórpio Fábio, mas agora pretende treinar dentro da academia Team Nogueira. Ela também pretende colocar o filho para iniciar em breve uma arte marcial. 

"Já fiz aulas de Muay Thai com o meu ex-marido, mas todas elas foram dentro de casa, na época gostei bastante e agora quero aperfeiçoar a modalidade e pretendo fazer o treinamento de uma maneira continua. Meu filho ainda tem dois anos, mas pretendo em um futuro colocá-lo para treinar Judô e depois ingressar no Jiu-Jitsu", concluiu.

Avalie este item
(2 votos)

O lutador do UFC Felipe Sertanejo passou o fim de semana descansando no Hotel Refúgio Vista Serrana, em Mairiporã (São Paulo) antes de iniciar a preparação para sua próxima luta no mais importante evento de MMA do planeta.

Ao lado de sua namorada, a apresentadora da Rede TV Lucilene Caetano, o atleta que é integrante da equipe Chute Boxe, tem em seu card 16 vitórias e seis derrotas. A última vitória do lutador de 26 anos foi registrada na edição do UFC em Jaraguá do Sul no último mês. Em Santa Catarina, Felipe venceu o venezuelano Massimo Blanco.

Já pensando em seu próximo desafio no UFC, previsto para o mês de maio, Felipe Sertanejo treinou musculação e corrida na academia do hotel nesse fim de semana. Além disso, ele aproveitou para descansar bastante.

"Me diverti bastante em companhia da minha namorada e da minha família que também estava presente no Refúgio. Estava vindo de uma fase de muito compromisso relacionado ao meu trabalho e esse descanso foi muito relevante! Me sinto renovado pra novos desafios e pronto para novas oportunidades dentro do UFC ao longo caminho rumo ao cinturão”, declara Felipe Sertanejo.

Avalie este item
(1 Votar)

Começamos hoje aqui no Blog uma série de curiosidades sobre a Revista Digital 1° Round, a primeira revista especializada em artes marciais e com formato digital do Brasil.

Uma das seções mais antigas da revista digital é a seção Perfil, que existe desde a primeira edição da revista, que ainda era impressa e foi lançada em junho do ano de 2006.

No Perfil, os fãs podem conhecer um pouco mais a fundo os atletas com um formulário de sua vida pessoal e profissional, como mostra o modelo a seguir:

Nome:
Apelido:
Data de nascimento: 
Idade : 
Signo: 
Altura: 
Peso:  
Cidade natal: 
Estado civil: 
Filhos: 
Religião: 
Equipe: 
Mestre: 
Esporte que pratica: 
Graduação:
Estilo musical: 
Banda favorita: 
Música de entrada no ringue: 
Animal de estimação: 
Cor: 
Filme: 
Frase: 
Hobby: 
Odeio: 
Adoro:
Livros: 
Programas de TV: 
Medo: 
Prato preferido: 
Bebida preferida: 
Qualidade: 
Defeito:
Mania: 
Ídolo: 
Saudades: 
Sonho:
O maior orgulho: 
Time:
Se não fosse lutador...:
 

Abaixo você vê a lista dos atletas que já passaram pela seção Perfil. Lembra deles? Então confere aí:
 

Marlon Mathias, Marcelo Brito, Rafael Simpson, André Tubes, Cleber Argente, Carlo Ferri, Diego Gasparetto, Dyego Roberto, Ariel Machado, Alessandro Geloco, Guilherme Almeida, Saulo Cavalari, Jennifer Maia, Juliana Aguiar, Kleverson Silva, Rafael Waslov, John Liniker, Jhonata Diniz, Maykul Yurk,Eduarda Lima, Liana Pirosin, Rômulo Mutley, Juliano Ninja, Cassiano Tytschyo, Vinicius Vina, Leonardo Macarrão, Adriana Delvigna, Vanessa Guimarães, Jociene Ribeiro, Jordan Marciano, Rodrigo Cavalheiro, Goiti Yamauchi, André Dedé, Diego Marlon, Thiago Bel.

 

Em breve vamos disponibilizar todos os Perfis dos atletas que já passaram pela nossa revista. Alguns estão disponíveis nas revistas digitais. Só clicar aqui e conferir.

 

Quinta, 16 Janeiro 2014 12:15

Mas quem foi Osvaldo Paquetá?

Escrito por
Avalie este item
(0 votos)

Muito tem se falado nas mídias especializadas em MMA sobre o Prêmio Osvaldo Paquetá, que vai premiar em março os melhores do MMA brasileiro.

Mas quem foi, de fato, Osvaldo Paquetá? Esta simpática figura que você vê aí em cima.

Osvaldo Gomes da Rosa faleceu aos 73 anos de idade.

Conhecido pelo apelido de Paquetá, foi podólogo, diretor da Funabem, faixa vermelha de Jiu Jitsu e muito conhecido por causa do seu hobby: Preparar coletâneas de lutas dos oponentes para os lutadores brasileiros. Paquetá ficou conhecido como dono do maior acervo de videos de Jiu Jitsu e MMA.

Aos 17 anos, ajudava seu pai na função de gari, quando conheceu a Academia Gracie. Sem poder pagar a mensalidade, foi ajudado por Carlson Gracie, que vinha a se tornar seu melhor amigo. Já foi lutador de vale-tudo, e fez 11 lutas: Seis vitórias, três derrotas e dois empates.

O Prêmio Osvaldo Paquetá é uma justa homenagem a um homem que muito fez pelo esporte.

E até o dia 13 de março você pode votar, clicando aqui.

Ps: As informações desta matéria foram retiradas da PVT Mag nº 34.

Avalie este item
(1 Votar)

Todos os produtores de eventos são unânimes em afirmar que não é fácil montar um card. Mais difícil ainda, é montar um card que atraia, não apenas os fãs que defendem a bandeira do MMA, mas também o público leigo.

Pensando dessa forma, eu, Marcio Valle, elaborei um card entre os melhores atletas que atuam em atividade no Brasil, com base no Ranking Nacional, um trabalho muito bacana elaborado pelo Cristiano Martins, do MMA Premium.

Alias, o Ranking está de cara nova. Os atletas que não estão no Ranking devem enviar o Sherdog ao email Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. .

Com base nas informações do Ranking Nacional, aí vai o card que eu elaborei. Fica apenas como sugestão aos eventos de 2014 em Curitiba. E aí, lota o Ginásio do Tarumã?

Abraço a todos!
 

Giba Galvão #1 vs. Ariel Machado #12
Wágner Caldeirão #6 vs. Matheus Buffa #14
Júlio César Jamanta #7 vs. Vitor Miranda #12
Alex Coruja #3 vs. Junior Baby #7
Leonardo Macarrão #13 vs. Marcão Bad Face #11
Franklin Jensen #8 vs. Luciano Contini #14 - 2
Marcos Pirata #21 vs. Leandro Buscapé #9
Marcelo Brito #39 vs. Alexandre Sangue #37
Maikon Carvalho #24 vs. Fernando Duarte #20
Irmeson Oliveira #12 vs. Irwing Machado #13
Márcio Gracinha #7 vs. Wágner Galeto #21

Quarta, 13 Novembro 2013 20:06

UFC em Curitiba? Provável que só em 2015

Escrito por
Avalie este item
(0 votos)

Os fãs de MMA de Curitiba e do estado do Paraná estão loucos por uma edição do UFC na capital paranaense. A organização, que já manifestou o interesse de percorrer o Brasil, encontra pela frente um problema que é a falta de Arenas Multiuso para a realização dos eventos.
 

Pois o público de Curitiba e região está botando fé na construção da nova Arena do Atlético Paranaense. Só que a cobertura do teto retratil não será mais feita para a Copa do Mundo, e no entanto, é muito difícil que o Ultimate realize em 2014 um evento em um estádio de futebol a céu aberto em Curitiba em virtude da metereologia típica da cidade.
 

Porém, junto da nova Arena da Baixada, será construida a "Areninha", que aí sim, será uma Arena Multiuso, com capacidade para 10 mil pessoas e certamente vai agradar os produtores do UFC.
 

Só que de acordo com o site da AEG Facilities, empresa que será a gestora da nova Arena, a Areninha será inaugurada apenas em 2015.
 

Um balde de água fria para os fãs curitibanos.  Nos resta torcer que o evento acate a Arena da Baixada para um grande evento em estádio de futebol, o que agrada muito o big boss Dana White.

Quarta, 13 Novembro 2013 08:31

UFC 20 anos: Momentos marcantes - Parte 1

Escrito por
Avalie este item
(0 votos)

Não se fala em outra coisa nesta semana senão os 20 anos do UFC. Por isso, resolvi listar aqui no blog alguns momentos que eu considero fantásticos dentro da maior organização de artes marciais mistas do mundo.

Para começar, o duelo entre Stephan Bonnar e Forrest Griffin, que culminou na vitória de Griffin na decisão unânime.

Avalie este item
(0 votos)

Um hotsite especialmente para comemorar os 20 anos do UFC pode ser acessado através do site http://20years.ufc.com/.

Nele, os fãs podem fazer uma viagem pela história da maior organização de MMA do planeta, conhecer os detentores do cinturão mais cobiçado do mundo e ainda conhecer quais foram os 20 melhores nocautes da história do evento. Tem Vitor Belfort, Wanderlei Silva, Anderson Silva, Lyoto Machida, Maurício Shogun, Edson Barboza e Renan Barão.


Avalie este item
(0 votos)

Durante a semana de atividades do UFC em Goiânia, conversamos com o produtor de eventos de MMA mais jovem do Brasil. Com apenas 18 anos, Lucas Lutkus produz o Bison FC, evento paulista que já tem a segunda edição marcada para o dia 8 de dezembro.

Lutkus dá os seus palpites aqui na Primeiro Round para as lutas principais do UFC Fight Night 32, que acontece no sábado, aqui em Goiânia.

O jovem produtor aposta em Dan Henderson e Daniel Sarafian. Acompanhe:

Belfort x Henderson

"Henderson, mata-cobra no terceiro round, Belfort vai ter cansado um pouco, vai ter batido muito, primeiro round 10x8, segundo vai ser um pouco mais morno, no terceiro vai estar dando Belfort, mas vai descuidar um pouco e vai entrar a mão do Henderson".

Mutante x Sarafian

Sarafian finaliza no primeiro round. Luta começa intensa, bem pegada, Sarafian consegue botar pra baixo, aí pega uma guilhotina, Mutante vai tentar raspar, vai acabar deixando o pescoço um pouco mostra e o Sarafian, com o jiu jitsu bem afiado com o Demian Maia, vai conseguir pegar".

Avalie este item
(0 votos)

Vitor Belfort e Dan Henderson se enfrentaram no Pride 32, em outubro de 2006, com vitória para o americano na decisão unânime.

7 anos depois, as duas lendas vivas do MMA ficaram frente a frente em Goiânia, no UFC Fight Night 32, onde vão fazer a luta principal do evento.

Hendo tem 43 anos, 7 anos a mais que o "fenômeno.

Belfort desde que perdeu para Dan Henderson só foi derrotado duas vezes: Anderson Silva e Jon Jones (ambas pelo cinturão na posição de desafiante).

Vem de duas vitórias expressivas frente a Michael Bisping (em São Paulo) e Luke Rockhold (em Jaraguá do Sul), em janeiro e maio deste ano.

Hendo venceu Maurício Shogun em 2011, para depois disso ainda subir duas vezes no octógono e ser derrotado para Lyoto Machida e Rashad Evans.

O que podemos esperar desta luta? Um Belfort agressivo como estamos acostumados nos eventos da organização no Brasil ou o americano vai parar essa série de vitórias do brasileiro?

A Primeiro Round embarca nesta terça-feira para Goiânia e vai trazer tudo sobre este evento aqui no site pra vocês. Com este post encerramos nossa análise sobre os números do card do UFC Fight Night 32. Mas fique a vontade para navegar pelo menu ao lado para ler sobre os outros combates do card.


 

 

 

 

 

Avalie este item
(0 votos)

Faltando pouco menos de uma semana para o UFC invadir novamente o Brasil e aterrisar em Goiânia no sábado, dia 9, entramos na reta final de nossa tradicional análise dos números do card aqui no blog.

Nesta segunda-feira vamos destacar o duelo entre Rafael Feijão e Igor Prokrajac e Daniel Sarafian e César Mutante.

Rafael Cavalcante, o "Feijão", é paulista, tem 32 anos, 11 vitórias e quatro derrotas na carreira. Treina na Team Nogueira, no Rio de Janeiro.

Oriundo do Strikeforce, Feijão estreou no UFC em junho deste ano, sendo rapidamente nocauteado por Thiago Silva.

O croata Igor Pokrajac tem 34 anos, 25 vitórias e 10 derrotas na carreira. Luta no UFC desde 2009, onde subiu ao octógono nove vezes, vencendo quatro.

Na co luta principal da noite, a grande decisão que não aconteceu no TUF Brasil 1: César Mutante e Daniel Sarafian.

Mutante é paulista, tem seis vitórias e duas derrotas na carreira. Campeão do reality show em 2012 em cima de Serginho Moraes, o atleta venceu Thiago Marreta no último UFC Rio.

Sarafian é paulista, tem 31 anos, oito vitórias e três derrotas na carreira. Estreou no UFC com derrota para CB Dollaway em janeiro deste ano, em São Paulo e se re-encontrou com a vitória frente Eddie Mendez em Fortaleza, em junho deste ano.

Nesta terça, fechamos nossa análise do card com o duelo principal entre Vitor Belfort e Dan Henderson. O UFC Fight Night 32 acontece neste sábado, dia 9 de novembro.

Avalie este item
(0 votos)

Nesta sexta vamos falar aqui no Blog de mais dois combates do UFC que acontece em Goiânia em novembro.

A tão aguardada estreia do "argentino gente boa", que roubou a cena na segunda edição do TUF Brasil vai acontecer.

Santiago Ponzinibbio, natural de La Plata, na Argentina, tem 27 anos, 18 vitórias e apenas uma derrota na carreira.Faria a final do reality show, mas uma lesão adiou os planos do argentino que por muito tempo ficou radicado em Floripa, treinando na Team Tavares e agora está fazendo seu camp na Team Nogueira, no Rio de Janeiro.

Seu adversário é Ryan LaFlare, americano, 30 anos, oito vitórias e nenhuma derrota na carreira. Com uma luta no UFC, o atleta defende em Goiânia sua invencibilidade.

Paulo Thiago é brasiliense, tem 30 anos, 15 vitórias e cinco derrotas na carreira. Luta no UFC desde 2009, onde fez 10 lutas, vencendo cinco.

Brandon Thatch é americano, tem 28 anos, 10 vitórias e uma única derrota na carreira. Estreou esse ano no UFC e venceu.

Nossa análise faz uma pausa para o fim de semana e retorna na segunda-feira, analisando a luta entre Rafael Feijão e Igor Pokrajac e também o co-main event da noite entre César Mutante e Daniel Sarafian.

Na terça, data em que embarcamos para Goiânia, você confere a análise da luta principal entre Vitor Belfort e Dan Henderson.

Fique ligado. A cobertura do UFC em Goiânia na Primeiro Round já começou!

Avalie este item
(1 Votar)

Nesta quinta, dando continuidade a nossa série de análises das lutas do card do UFC que acontece em Goiânia, vamos encerrar o card preliminar e já começar o card principal.

Hoje vamos falar sobre os dois finalistas da primeira edição do TUF Brasil: Rony Jason e Godofredo Pepey.

Jason venceu Pepey em Belo Horizonte, consagrando-se campeão do reality.

Mas vamos começar pela última luta do card preliminar.  

Pepey é natural do Ceará, tem 26 anos, nove vitórias e duas derrotas na carreira.

Já tem três lutas na organização, sendo uma vitória contra Milton Vieira e duas derrotas, para Rony Jason e Felipe Arantes.

Treinando na Evolução Thai, em Curitiba, Pepey revelou em entrevista para nossa equipe que pretende surpreender Sam Sicilia em pé.

Sicilia tem 27 anos, 11 vitórias e três derrotas na carreira. Participante do TUF 15, o americano venceu Cristiano Marcello, para depois vir de duas derrotas seguidas: Rony Jason e Maximo Blanco.

Rony Jason é natural do Rio Grande do Norte, tem 29 anos, 13 vitórias e três derrotas na carreira. Tem três lutas e três vitórias no UFC. Não sabe o que é perder desde 2009.

Jeremy Stephens é americano, tem 27 anos, 21 vitórias e nove derrotas na carreira. Experiente, luta no evento desde 2007 e vem de uma vitória em maio deste ano.

Nesta sexta vamos falar sobre os seguintes combates: Brandon Thatch vs. Paulo Thiago e Ryan LaFlare vs. Santiago Ponzinibbio.

O UFC Fight Night 32 acontece em Goiânia no dia 9 de novembro.

Avalie este item
(0 votos)

Ontem aqui no Blog começamos a análise dos números do card do UFC que acontece em Goiânia no dia 9 de novembro e falamos dos duelos de Adriano Martins e José Maria "No Chance".

Nesta quarta, vamos falar de mais duas lutas do card preliminar deste evento que leva o nome de UFC Fight Night 32.

Thiago Perpétuo, conhecido como Bodão, está sem lutar há mais de um ano, por conta de uma lesão no joelho.O participante do TUF Brasil 1 fez sua última luta frente a Leonardo Macarrão, no evento que marcou a decisão do reality show que ambos participaram.

Bodão venceu por nocaute no terceiro round. O paulista tem nove vitórias e apenas uma derrota na carreira.

Seu adversário é o russo Omari Akhmedov, que possui 11 vitórias na carreira e está invicto.

Também no card preliminar, Thiago Tavares volta ao UFC após suspensão por doping.

O catarinense tem 28 anos, 17 vitórias e cinco derrotas na carreira, luta no UFC desde 2007 e vem de derrota em janeiro desde ano para Khabib Nurmangomedov.

Seu adversário é Justin Salas. O americano tem 31 anos, 11 vitórias e quatro derrotas na carreira. Tem três lutas no UFC, onde venceu duas.

Nesta quinta-feira, vamos falar aqui dos números para os seguintes combates: Godofredo Pepey vs. Sam Sicilia e Rony Jason vs. Jeremy Stephens. Fique ligado aqui no Blog!

Avalie este item
(0 votos)

Faltando exatos sete dias para nossa equipe embarcar para a cidade de Goiânia para a cobertura do UFC Fight Night 32: Belfort vs. Henderson, vamos começar aquela já tradicional análise do card aqui no blog e nesta terça vamos falar sobre as duas lutas de abertura do UFC que acontece na Arena Goiânia.

José Maria Tomé ou então José Maria "Sem Chance", que após a contratação virou "No Chance", é natural de Limoeiro do Norte, no Ceará, tem 31 anos, 33 vitórias e quatro derrotas na carreira. Invicto desde 2008, "No Chance" foi derrotado para John Liniker em sua estreia na edição de número 163 do evento por nocaute técnico.

Tenta reabilitação frente ao americano Dustin Ortiz, que tem 11 vitórias e duas derrotas na carreira e que fará sua estreia na organização.

Adriano Martins é manauara, tem 31 anos, 24 vitórias e seus derrotas na carreira. Oriundo do Strikeforce, onde fez uma luta e venceu, Martins fará sua estreia no UFC frente a Daron Cruickshank. americano, de 28 anos, 13 vitórias e três derrotas na carreira. Já fez quatro lutas no UFC, onde venceu três.

Nesta quarta vamos falar aqui dos combates de Thiago Tavares e Thiago "Bodão" Perpetuo. Fique ligado. UFC Goiânia na Primeiro Round já começou. O evento acontece no dia 9 de novembro.

Página 2 de 5

Comentários