Banner

Você está aqui:Home/Últimas Notícias/Mostrando itens por tag: invicta
A+ R A-
Mostrando itens por tag: invicta

A campeã e dona do cinturão do Invicta FC Jennifer Maia realizou na última quarta-feira, 18 de outubro, um aulão feminino de Muay Thai em conscientização do Outubro Rosa, mês de prevenção ao câncer de mama. 

Ainda sem compromisso marcado pela organização norte-americana, a curitibana, de 29 anos, possui 14 vitórias e quatro derrotas na carreira e está invicta há cinco lutas.

A foto é de autoria do fotógrafo Guilherme Mayorky (Direto do Octógono / Top Fighters).

Informações adicionais


    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/prime926/public_html/templates/gk_musicity/html/com_k2/default/tag.php on line 94
Publicado em Últimas Notícias

Em prol do Outubro Rosa, mês de prevenção ao câncer de mama, a Chute Boxe vai realizar um Aulão feminino de Muay Thai com a atual campeã do Invicta FC, Jennifer Maia. O aulão acontece no dia 18 de outubro (quarta-feira), ás 19 horas, na sede da Praça do Japão, no bairro Batel em Curitiba.

Informações adicionais


    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/prime926/public_html/templates/gk_musicity/html/com_k2/default/tag.php on line 94
Publicado em Últimas Notícias

Natural da cidade de Erechim, Rio Grande do Sul, Janaisa Morandin fez sua estreia no Invicta FC no último dia 31 de agosto. A lutadora que atualmente defende a equipe Killer Bees de Curitiba enfrentou a compatriota Lívia Renata no evento em que foi chamada as pressas para lutar após a lesão de Jodie Esquibel. Ex-campeã do Aspera FC, Janaisa afirmou ter realizado o sonho da vida, mesmo tendo sido derrotada na edição:

“Foi uma das melhores experiências que já tive. Realizei o sonho da minha vida de lutar no maior evento de MMA feminino do mundo. Senti cada segundo dessa experiência. Foi incrível, difícil explicar com palavras o que senti. Me senti realizando tudo que sempre quis", declarou Janaisa.

O duelo que foi o co-principal da edição de número 25 do Invicta FC foi muito equilibrado, e apesar do revés por decisão unânime, Janaisa foi coroada pelo prêmio de melhor luta da noite. Defendendo uma invencibilidade de 9 vitórias na carreira, a lutadora de 22 anos não se desanimou com a derrota sofrida no evento, já que recebeu diversos elogios dos fãs e da mídia pelo combate.

“Apesar da derrota tenho certeza que deixei uma boa impressão. Mostrei o meu jeito de lutar, que não desisto e do que sou capaz, mesmo aceitando a luta com 20 dias de antecedência com a ex-campeã da categoria de cima (peso-palha). Acho que fiz o meu trabalho, não desisti em nenhum momento, fui pra cima e busquei a luta o tempo inteiro. Hoje acredito que posso estar entre as melhores porque mesmo com todas essas adversidades ganhei o prêmio de melhor luta da noite, portanto, fiz o meu trabalho.”

Apelidada de "Evil Princess" no mundo das artes marciais mistas pela agressividade no cage e rosto angelical, Janaisa não vê a hora de retornar ao Invicta FC, mas espera que seja em melhores condições do que foi em sua estreia contra a compatriota Lícia Renata.

“Meu próximo passo é treinar mais, muito mais, e lutar o mais rápido possível. Depois dessa luta vejo que posso estar entre as melhores, sendo assim, quero lutar o mais rápido possível. Acredito que posso disputar o cinturão. Só quero do Invicta uma chance de ter um camping completo", finalizou Janaisa.

Informações adicionais


    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/prime926/public_html/templates/gk_musicity/html/com_k2/default/tag.php on line 94
Publicado em Últimas Notícias

Hérica Tibúrcio entrou no cage do Invicta FC recentemente, quando derrotou a norte-americana Tessa Simpson por decisão dividida na edição de número 23 do evento. Ex-campeã peso-átomo da organização, a lutadora de 23 anos é uma das grandes atletas de sua categoria no mundo das artes marciais mistas. Com a recente abertura da categoria peso-mosca no UFC, Hérica sonha com uma vaga no evento, caso no futuro a categoria feminina até 105 libras (peso-átomo) seja inaugurada.

"Seria ótimo ter minha categoria no UFC. Com certeza uma grande oportunidade para as atletas do peso, mas não existem tantas meninas lutando no átomo, por isso acredito que irá demorar para abrir essa categoria", declarou a lutadora.

No Invicta FC já foram cinco lutas, onde a lutadora conquistou três vitórias, e o título da organização em 2014, quando bateu Michelle Waterson com um finalização (guilhotina) no terceiro round. Focada em recuperar o título que deixou escapar para a japonesa Ayaka Hamasaki há dois anos, Hérica aguarda ansiosa pela chance de lutar pelo título novamente.

"É o que eu mais quero (lutar pelo título), mas vamos esperar para saber o que a Shanon (Presidente do Invicta FC) irá decidir, o que ela decidir para mim está ótimo. Quero o cinturão, independente de quem for a adversária", finalizou Hérica.

Embalada por dois triunfos seguidos no evento, a brasileira , natural da cidade de Toledo, Minas Gerais, nunca foi finalizada ou nocauteada em 15 lutas como atleta profissional de MMA, sendo que já finalizou sete oponentes na carreira, sua especialidade.

Informações adicionais


    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/prime926/public_html/templates/gk_musicity/html/com_k2/default/tag.php on line 94
Publicado em Últimas Notícias

Dona de cartel invicto de nove vitórias, Janaisa Morandin estreia no Invicta FC no próximo dia 25 de março, após longos meses de espera. Contratada da organização desde o ano passado, a atleta de 22 anos enfrenta a norte-americana Jinh Yu Frey na edição de número 22 do evento. Campeão do Aspera FC desde março de 2016, a brasileira não consegue esconder a ansiedade antes de lutar pela primeira vez na organização:

"Ansiosa? Meu coração salta pela boca só de falar. É muito mais do que uma luta pra mim, é a realização de um sonho, seja quem for ou como for é a luta da minha vida. Antes mesmo de estrear no MMA eu tinha o sonho de lutar no Invicta. Eu acompanho o Invicta desde seu primeiro evento e sei que tem muita coisa em jogo pra essa luta tanto pra mim quanto pra ela", declarou Janaisa.

Adversária da brasileira, Jinh Yu Frey vem de uma disputa de título no Invicta FC, quando foi derrotada pela atual campeã Ayaka Hamasaki. Nove anos mais velha que a brasileira, a norte-americana tem no currículo uma vitória sobre Herica Tiburcio por decisão unânime na categoria peso-átomo. Agressiva quando no cage, Janaisa Morandin que já possuí 5 nocautes na carreira espera estrear com vitória na trocação:

"Ela é uma das melhores da categoria e uma excelente striker, mas eu também sou. Vamos sair na porrada até uma cair", finalizou a atleta.

Além do duelo entre Janaisa Morandin e Jinh Yu Frey, o Invicta FC 22 que ocorre dia 23 de março, na cidade de Kansas City, Missouri, marca a disputa pelo título peso-pena entre a norte-americana Tonya Evinger e a russa Yana Kunitskaya. Livia Renata é outra brasileira presente no evento, onde enfrenta a japonesa Ayaka Hamasaki pela divisão peso-palha.

Informações adicionais


    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/prime926/public_html/templates/gk_musicity/html/com_k2/default/tag.php on line 94
Publicado em Últimas Notícias

A paulista Mariana Morais atleta da Equipe Paraná Vale Tudo (PRVT), natural de São João da Boa Vista, e peso mosca do Invicta FC, o maior evento de lutas voltado apenas para mulheres, vem em ascensão na carreira e em seu cartel. Em âmbito nacional são 13 lutas, sendo 10 vitórias e 3 derrotas.

Ela já enfrentou nomes conhecidos do MMA nacional como Jennifer Maia e Luciana Pereira.

Sua última luta foi dia 16 de outubro deste ano em Florianópolis, no Floripa Fight Championship, onde finalizou sua adversária Laisa Coimbra com um triângulo de mão no primeiro round.

Lembrando que Mariana assinou contrato com o Invicta FC no início do ano passado, e fez sua luta de estreia contra Roxxane Modafferi no dia 12 de Setembro de 2015, mas infelizmente foi derrotada e ainda não teve uma oportunidade de mostrar seu valor dentro da organização este ano.

Segundo Mariana Morais os treinos seguem intensos e firmes e quando questionada sobre ter preferência de atleta para lutar, a fera da PRVT é direta.

“Sigo treinando forte todos os dias com minha equipe. E estou no aguardo da organização Invicta FC e na espera de uma oportunidade para lutar novamente e quem eles colocarem pra eu lutar, eu luto.”

Seu próximo compromisso enquanto não entra no octógono do Invicta FC, será no dia 17 de Dezembro no Espírito Santo. A PRVT Girl lutará contra Karoline Rosa da Equipe Vitória Combat, que está invicta com 4 vitórias, no evento The Start Combat 4.

Informações adicionais


    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/prime926/public_html/templates/gk_musicity/html/com_k2/default/tag.php on line 94
Publicado em Últimas Notícias

O MMA e o envolvimento feminino nas artes marciais vêm crescendo consideravelmente, e é notável o reconhecimento de atletas brasileiras como Cris Cyborg, que há menos de um mês nocauteou a sueca Lina Lansberg no UFC Brasília. Jéssica Andrade, a Bate-Estaca, que finalizou Joanne Calderwood no primeiro round no UFC 203, também está em ascensão e agora é top 5 no peso-palha feminino.

O mundo também pode acompanhar o triunfo de Jennifer Maia, no Invicta FC, maior evento feminino de MMA do mundo, onde aos 28 anos, a atleta da Chute Boxe garantiu o cinturão da organização com uma vitória sobre a experiente Roxanne Modafferi. Com 14 vitórias e apenas quatro derrotas, Jennifer está embalada por cinco vitórias consecutivas em seus últimos embates.

Neste domingo (16), Jennifer e seu treinador Edicarlos Monstro ministram seminário em Florianópolis, no CT Ilha Fight Floripa, do professor Gabriel Gigante, da Chute Boxe Floripa. 

Segundo Gigante, o seminário será voltado para o muay thai com integração de alunos e praticantes da modalidade. “Além de a Jennifer ser uma grande lutadora, o evento também comemora o outubro rosa e a força feminina, mostrando que tatame também é lugar de mulher”, explica.

O evento começa às 10 horas e é imperdível. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (48) 9930.9835.

Informações adicionais


    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/prime926/public_html/templates/gk_musicity/html/com_k2/default/tag.php on line 94
Publicado em Últimas Notícias

Jennifer Maia conquistou, na última sexta-feira, dia 23 de setembro, o almejado cinturão linear do Invicta FC, vencendo, em cinco rounds, na decisão dividida dos juízes, Roxanne Modafferi. 

De volta a Curitiba, a Primeiro Round foi ao encontro da campeã, que comenta a respeito deste duelo e classifica como "guerra" esta disputa de título:

"Eu já conhecia ela antes, sempre fui fã dela, venho acompanhando o trabalho dela já algum tempo e eu sabia que seria uma luta bem dura. As lutas dela sempre são por pontos, então eu sabia que não seria diferente dessa vez. Na minha opinião consegui vencer o primeiro round, me saí melhor. Deixei a luta ir pro chão no segundo round. Eu estou bem mais confiante no chão agora. Achei que ela venceu o segundo, ela foi melhor no chão, terceiro round foi bem parelho, bem equilibrado. Aí no quarto e no quinto round consegui deixar a luta mais tempo em pé, onde eu consegui me sobressair. Mas foi uma guerra de cinco rounds bem disputados".

Aos 27 anos, Maia acredita em oponentes mais duras para tentar tirar o seu cinturão daqui pra frente:

"Primeiramente, é uma alegria enorme né, foi um grande sonho chegar até aqui e agora é assumir mais essa responsabilidade, porque daqui pra frente vai vir muito mais oponentes mais difíceis, elas vão treinar muito mais pra tentar me vencer".

Com 14 vitórias e quatro derrotas na carreira, Jennifer treina a parte de Muay Thai e Jiu Jitsu com EdiCarlos "Monstro" na Chute Boxe. A curitibana fala a respeito do treinamento completo que teve para esta luta:

"Meu personal Thiago cuida da parte de preparação física pela manhã, aí o professor Fabinho Cunha está cuidando da parte de Wresling, aí na parte de Jiu Jitsu e Muay Thai com o Monstro e com o auxílio do pessoal que vem lutando, o Dyego Roberto, o Thaylon, o John Allan, o Alisson Murilo e agora quem entrou pra somar e me ajudar também foi a Pri Ferreira, que entrou pro nosso time e também já fez parte da preparação para essa luta".

No cartel da campeã, um empate chama atenção, frente a Kalindra Faria em 2010. Jennifer comenta sobre a atleta que agora representa a Chute Boxe em São Paulo e que não teria chances de vermos esse tira-teima na carreira de ambas:

"Não, a Kalindra é uma atleta muito dura e eu me identifiquei muito com a história dela. Ela tem a mesma gana que eu tenho. E agora estamos na mesma equipe, ela desceu de categoria, então não tenho vontade de enfrentar ela não".

Sobre um possível contrato com o UFC, Jennifer prefere não pensar nisso e quer "deixar acontecer": "Eu acho que está caminhando. Meu sonho era o Invicta FC, o UFC eu vou deixar acontecer. Não quero criar expectativas. Se for pra ser, vai ser". 

MMA curitibano:

Maia cita três atletas de Curitiba onde ela aponta que devem deslanchar ainda mais em suas carreiras:

"Eu acho que a Ariane Lipski tem um futuro enorme, eu vejo que ela é bem dedicada, a Liana Pirosin, a mesma coisa, eu aposto muito nela, vai sempre muito bem. A Pri Ferreira tem mostrado bastante dedicação, bastante vontade. Acho que pra Pri falta só aperfeiçoar algumas técnicas para deslanchar. E o que a gente puder agregar no jogo dela vai ajudar bastante".

Falando em Ariane Lipski, que luta neste sábado frente Sheila Gaff no KSW na Polônia, e que comentou em entrevista recente pra a Primeiro Round que quer vingar o Muay Thai curitibano, pela atitude anti-desportiva da alemã frente a Jennifer Maia, a chuteboxer aposta em Lipski e revela torcida pela curitibana:

"Eu acredito que a Ariane vai nos vingar sim, a Sheila Gaff vem de duas derrotas no UFC, então tem tudo pra dar certo pra ela nessa luta. Eu tô torcendo muito pra ela vir com a vitória".

Cris Cyborg vem de duas vitórias expressivas no UFC, frente a Leslie Smith e Lina Lansberg, porém, sofreu muito para atingir o peso combinado até 64 Kg. Maia acha que deveria abrir a categoria de Cyborg, mas sonha em combate em peso combinado frente a Ronda Rousey:

"Eu acho que eles deveriam abrir a categoria dela, até pra não sofrer tanto, ou fazer a luta tão desejada contra a Ronda Rousey em peso casado, afinal a Ronda não é mais a campeã, então ela pode subir um pouco. Enquanto essa luta não sair ninguém vai sossegar".

Informações adicionais


    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/prime926/public_html/templates/gk_musicity/html/com_k2/default/tag.php on line 94
Publicado em Últimas Notícias

Na noite de sexta-feira, dia 23 de setembro, durante a edição 19 do Invicta FC, a curitibana Jennifer Maia defendeu o cinturão da organização frente a Roxanne Moddaferi na luta principal do evento feminino. Maia derrotou a americana na decisão dividida e o cinturão fica na academia Chute Boxe em Curitiba.

Veja os resultados:

Jennifer Maia venceu Roxanne Moddafferi na decisão dividida dos juízes.

Ayaka Hamasaki venceu Jinh Yu Frey por nocaute técnico no segundo round.

Irene Aldana venceu Faith Van Duin por nocaute técnico no primeiro round.

Kaline Medeiros venceu Manjit Kolekar na decisão unânime dos juízes.

Kal Holliday finalizou Tiffany Van Soest no segundo round.

Julia Jones finalizou Stephanie Skinner no primeiro round.

Amber Leibrock venceu Amy Coleman por nocaute técnico no primeiro round.

Sunna Davidsdottir venceu Ashley Greenway na decisão unânime dos juízes.

Informações adicionais


    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/prime926/public_html/templates/gk_musicity/html/com_k2/default/tag.php on line 94
Publicado em Últimas Notícias

O centro das atenções no Brasil nesta semana é para o card do UFC em Brasília com Cris Cyborg e Lina Lansberg na luta principal. Mas nesta sexta-feira, dia 23 de setembro, outra curitibana encabeça um card internacional.

Jennifer Maia vai defender o cinturão frente a Roxanne Modafferi na edição 19 do Invicta FC.

Maia representa a equipe Chute Boxe, e aos 27 anos, possui 13 vitórias, quatro derrotas e um empate na carreira. Moddafferi tem 19 vitórias e 12 derrotas em eu cartel.

O Combate transmite o evento ás 22 horas ao vivo, direto dos Estados Unidos.

Invicta FC 19: Maia vs. Modafferi
Sexta, 23 de setembro de 2014
Scottish Rite Temple | Kansas City, Missouri

Jennifer Maia vs. Roxanne Modafferi
Ayaka Hamasaki vs. Jinh Yu Frey
Irene Aldana vs. Faith Van Duin
Manjit Kolekar vs. Kaline Medeiros
Kalyn Schwartz vs. Tiffany Van Soest
Julia Jones vs. Stephanie Skinner
Amy Coleman  vs. Amber Leibrock
Sunna Davidsdottir vs. Ashley Greenway

Informações adicionais


    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/prime926/public_html/templates/gk_musicity/html/com_k2/default/tag.php on line 94
Publicado em Últimas Notícias
Página 1 de 5

Comentários

Revista Digital

A Edição 26 da Revista digital da Primeiro Round trás uma matéria especial  com a votação dos melhores do Ano no Paraná. Acompanhe!

Filtrar notícias por data:

« Outubro 2017 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30 31          

Blogs - Primeiro Round

 

 

  


Banner

Publicidade: