topo

Weather   Curitiba, Brazil  21.3°C


lacruz

Breaking News

Terça, 02 Janeiro 2018 00:00

Campeão do Titan FC, Raush analisa divisão dos leves e projeta ano vitorioso

Written by  Primeiro Round
Campeão do Titan FC, Raush analisa divisão dos leves e projeta ano vitorioso Divulgação

Campeão peso leve do Titan FC, Raush “Cavalo de Guerra” Manfio, 26 anos, já tem data para defender o cinturão. A organização do evento planeja uma nova edição para o dia 16 de fevereiro no Xtreme Action Park, na Flórida. O adversário ainda não foi revelado.

Rush, que pratica MMA desde 2009, aproveitou para analisar a divisão dos leves, uma das categorias mais complicadas do mundo. De forma geral, o atleta comentou como ele enxerga os rumos da categoria.

“Creio que a categoria dos leves vai ser sempre a mais disputada em função da quantidade de atletas. Hoje, vejo ainda um campeão indefinido na categoria peso leve no UFC, por exemplo, em função da ausência do (Conor) McGregor e por alguns duelos que ainda não aconteceram... É difícil imaginar um campeão linear por muito tempo nessa categoria”, analisa Raush, que vem de duas vitórias seguidas no Titan FC.

Apesar das festas de fim de ano, o jovem atleta não largou as luvas e a preparação física visando seu retorno ao cage. Para ele, um campeão não pode deixar de treinar.

“Os feriados não interferem em nada na rotina. A American Top Team tem um plantel de atletas gigante e não se pode dar ao luxo de parar em feriados. Meus treinos seguem fortes e estou fazendo um trabalho de base já que possivelmente a próxima luta seja só em fevereiro. Mas também estou esperto e se pintar a oportunidade de lutar no UFC, em qualquer momento, eu estarei pronto para bater o peso de um convite de ouro assim”, conta.

Dono de 10 vitórias e apenas duas derrotas, Raush também falou sobre seu estilo de jogo, os golpes preferidos e as artes marciais que mais domina.

“Acho que o muay thai seria meu carro chefe e logo depois o boxe e wrestling e, por fim, o Jiu-Jitsu. Nessa ordem de domínio. Eu gosto de usar os joelhos, sinto-me confortável no clinche de muay thai. Eu sigo treinando Jiu-Jitsu, é claro, mas com muito mais ênfase no domínio de posição e escape de finalizações, para que eu possa voltar com a luta em pé ou trabalhar por cima, com um ground and pound eficiente .


Primeiro Round - 2018 - Todos os direitos reservados © 
Os artigos assinados não refletem necessariamente a opinião do WebSite cabendo aos autores a responsabilidade pelos mesmos