Você está aqui:Home/Entrevistas/Mostrando itens por tag: mma
A+ R A-
Mostrando itens por tag: mma

Neste sábado a Copa Striker´s House chega com a edição de número 80 em Curitiba e realiza combates amadores e profissionais. Veja o card:

COPA STRIKER´S HOUSE 80
Sábado, 25 de novembro de 2017
Academia Striker´s House - Curitiba / PR

KICKBOXING AMADOR

50 Kg: Thay "Avatar" (Chute Boxe) vs. Nathaly Vitória (Rasthai Temple)
55 Kg: Kauan Soares (Immortal) vs. Rafael "Nego Drama" (Chute Boxe)
62 Kg: Ryan "Tupã" (Chute Boxe) vs. Hiago Lima (Área Vip)
68 Kg: Cristian Lemes (Immortal) vs. Valdemir Junior (Muay Thai Brasil)
65 Kg: Erivelton Lobo (Santa Fé) vs. Walter Oliveira (SB Muay Thai)
67 Kg: Gabriel Salles (Team Krull) vs. Marcelo Barbosa (Striker´s House)
84 Kg: Vitor (Mantra) vs. Pedro Henrique (Evolução Thai)
67 Kg: Jonathan Senenko (RM Muay Thai) vs. Wesley Hélio (Fight Clan)
52 Kg: Nalana "TNT" (Saribas Fight) vs. Sofia "Pedrita" (Immortal) - disputa de cinturão
95 Kg: Alan "Brinks" (MM Fight Team) vs. Felipe "Monstrão" (Immortal) - disputa de cinturão

KICKBOXING PROFISSIONAL

71,5 Kg: Pedro Teixeira (Rasthai Temple) vs. Pedro Henrique (Chute Boxe)
80 Kg: Fagner "Negão" (Hemmer´s Gym Brasil) vs. Diego Henrique (Evolução Thai)

MMA PROFISSIONAL

52 Kg: Felipe Augusto (Gentilini Fighters) vs. Lucas Haeber (King Shark)

Informações adicionais


    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/prime926/public_html/templates/gk_musicity/html/com_k2/default/tag.php on line 94
Publicado em Últimas Notícias

O Panthers and Fight Night realizará a sua primeira no próximo sábado (25) e o palco do show será a Arena Multiuso da Academia Rio Sport Center, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro. O evento contará com grandes duelos de artes marciais mistas, sendo duas disputas de cinturão, além da grande final do Concurso Musas do MMA. A atração principal da noite será o combate entre Jeferson "Mão de Pedra" Fonseca e Marcio Pedra para ver quem será o campeão dos meio-médios (até 77kg).

Márcio Pedra, que vai em busca da sua quarta vitória consecutiva, falou como está a expectativa para a disputa de cinturão.

"A expectativa é a melhor possível de fechar o ano com chave de ouro. Estou indo para a minha quarta luta em 2017, venci duas por finalização e uma por nocaute. A minha expectativa é que essa luta seja como as outras, em alto nível e estarei buscando a vitória por via rápida para mostrar que a gente está pronto para alçar vôos maiores e eu fico contente de estar fechando o ano em um evento com o PFN, que será transmitido no canal Combate. Com relação ao cinturão é sempre um bônus, estou em busca da minha melhor performance e que essa performance seja brindada com um novo cinturão", disse.

Jeferson "Mão de Pedra" Fonseca também está bastante confiante para conquistar o cinturão do Panthers and Fight Night.

"Me sinto honrado e agradecido por essa oportunidade, farei o melhor para levar a disputa e o cinturão para casa. Tenho certeza que será uma grande luta, conheço meu adversário e sei que é um atleta duríssimo, mas assim como ele também irei para vencer. Estou preparado para a nossa vitória", disse.

Na outra disputa de cinturão, o campeão do Shooto Brasil, Luan Danger terá pela frente Danver Two Two para ver quem será o campeão peso-mosca (até 57kg). O card do Panthers and Fight Night contará com mais oito lutas.

Além dos combates, o Panthers and Fight Night realizará a final do concurso Musas do MMA 2017 que contará com lindas mulheres. No total serão oito candidatas (Raquel Gonze, Day Dias, Hanielle Kimberly, Cassia Figueiredo, Wisnance Reis, Kamilla Dias, Jamila Sandora e Amanda Menezes) que competem em duplas. A cada combate duas concorrentes entram no cage como ring girls e a melhor avança para a próxima fase. As vencedoras serão escolhidas através de votação pela internet.

O Panthers and Fight Night é uma realização MMA Experience e terá início às 18 horas, o evento terá transmissão do Canal Combate a partir das 20hs.

Confira o card do Panthers and Fight Night

Até 77kg – Jeferson "Mão de Pedra" Fonseca (BTF) vs Marcio Pedra (TFT) – disputa de cinturão

Até 57kg – Luan Danger (BPT) vs Danver Two Two (Team New Corpore) – disputa de cinturão

Até 80kg – Dailon (Warriors Thai) vs Lucas Fernando (Rizzo RVT)

Até 84kg – João Maranhão (TFT) vs Lucas Perizinho (Rizzo RVT/ Caverna)

Até 70kg – Aledio Ferreira (Team New Corpore) vs Renan Costa (TFT)

Até 66kg – Sandro China (Team New Corpore) vs Jaconias Knonny da Viradão (Guerreiros Team Hard)

Até 61kg – Aleandro Caetano (PRVT) vs Luís Carlos "Pará" (BPT)

Até 61kg – Pedro Paulo PQD (Team New Corpore) vs Cosme Soares Baiano (War Machine)

Até 52kg – Hugo Gota (Baixinho Team) vs Wernick Dinamite (BPT)

Até 52kg – Tina Silva (War Machine) vs Kakau Costa (PRVT)

Informações adicionais


    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/prime926/public_html/templates/gk_musicity/html/com_k2/default/tag.php on line 94
Publicado em Últimas Notícias

Mais uma super edição do LIF será realizada antes do final do ano de 2017. Após a estreia da franquia em agosto e a realização da segunda edição outubro, o Leão Impacto Fighters 3, ganhou local e data para acontecer.

O palco escolhido pelo presidente da franquia Cícero 'Miaygui' para sediar o grande show, foi o Ginásio Fernando Fontoura, no Município de Coxim, Estado do Mato Grosso do Sul.

Serão três grandes disputas de cinturões e a principal delas, o main event da noite, será uma esperada revanche entre Ricardo 'Nego Fight', atual detentor do cinturão da categoria peso-palha que irá encarar Cícero 'Miaygui', isso mesmo, além de CEO e presidente do evento, Cícero também é lutador.

No primeiro encontro entre eles, na primeira edição do Leão Impacto Fighters em agosto, vitória e título conquistados pelo atleta Ricardo 'Nego Fight'.

Cícero falou de sua expectativa para a grande revanche que promete parar toda a cidade de Coxim.

"Bom, dessa vez tenho um sócio para organizar tudo enquanto treino, dessa vez nós vamos lutar de igual para igual. Que vença o que estiver melhor preparado. Vou dar o meu melhor dentro do octógono, mesmo sabendo que meu adversário é um excelente lutador. No evento tem vários lutadores da mesma categoria, mas campeão, dono do titulo, só tem um e eu estou pronto para a guerra e para pegar o que é meu", disse em alusão ao cinturão da divisão que pertence a Ricardo.

Outras duas disputas de cinturões acontecerão na mesma noite, ambas, por títulos inaugurais do LIF.

Na categoria peso meio-médio, Fernando Ataíde encara Jeferson 'Bodão' e na divisão dos pesos penas, Railton Neves vai encarar Ruan Charles Pimentel na noite histórica da organização.

Confira abaixo o card completo (sujeito a alterações) do Leão Impacto Fighters 3: Nego Fight vs. Miaygui 2:

  • Ricardo 'Nego Fight' vs. Cícero 'Miaygui' - Pelo cinturão da categoria peso-palha do LIF;
  • Fernando Ataíde vs. Jeferson 'Bodão' - Pelo cinturão inaugural da categoria peso meio-médio do LIF;
  • Raílton Neves vs. Ruan Charles Pimentel - Pelo cinturão inaugural da categoria peso-pena do LIF;
  • Oseas 'Pitbull' vs. Douglas Romero;
  • Marcelo de Souza vs. Wellington Becker;
  • Jeová 'Akuma Demônio Mal' vs. Miquéias da Silva.

 

Informações adicionais


    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/prime926/public_html/templates/gk_musicity/html/com_k2/default/tag.php on line 94
Publicado em Últimas Notícias

A primeira edição do Gladiadores Fight promete agitar a Zona Oeste do Rio de Janeiro com grandes duelos de MMA profissional e amador, além de combates de K-1 e Submission. O evento será realizado no dia 26 de novembro e o palco será a quadra da Escola de Samba Mocidade Independente de Padre Miguel.

O Gladiadores Fight terá início às 9hs da manhã e durante o dia serão realizados combates amadores de MMA, K-1, Submission e Luta Livre. Os profissionais entram em ação a partir das 19 horas.

O card profissional de MMA contará com 11 combates, sendo quatro disputas de cinturão e atração principal da noite será o duelo entre Junior Luiz e Pedro Gomes que disputam o título peso-leve (até 70kg). O co-evento será o combate para definir o campeão dos médios (até 84kg) entre Rodrigo Bomba e Rodrigo Pitbull.

Nas outras disputas de cinturão, Junior Dynamite e Sagat Gladiador disputam o título dos pesados (até 120kg), Nelson Nedes e Léo Maranhão entram em ação para definir o campeão combinado até 63kg.

Além dos duelos de MMA, o Gladiadores Fight também contará com disputas de título no Submission e K-1 que colocará no cage líderes de equipes e atletas que vem se destacando. Para o organizador do evento, Mestre Leandro Roberto, líder da Equipe Gladiadores, a expectativa para o evento é de grandes combates.

"Já tenho experiência em outros eventos como o Four Fight e Circuito de Lutas Gladiadores então decidimos criar esse evento. Acho que o evento tem tudo para ficar bem legal, já que ficamos cinco meses planejando esse evento e acredito que seja um sucesso. Esse evento será o início de um novo ciclo do mundo das lutas e do MMA no Rio de Janeiro", disse Leandro que também falou sobre os duelos de Submission e K-1.

"Os combates vão ser bem interessantes porque a maioria dos atletas que vão lutar tanto Submission quanto K-1 são líderes de equipes ou vem se destacando como o Bruno Emília que foi campeão mundial, o Léo Naval que foi campeão recentemente, além de ser líder de equipe na Zona Oeste, e vai lutar com o Alex Chaves, que é líder de equipe na Baixada, com isso teremos um público muito bom", disse.

Confira o card do Gladiadores Fight:

MMA

DISPUTAS DE CINTURÃO

Até 70kg - Junior Luiz (Rizzo RVT) x Pedro Gomes (War Machine)

Até 84kg - Rodrigo Bomba (Laerte Barcelos) x Rodrigo Pitbull (André Negão)

Até 63kg - Nelson Nedes (Gladiadores) x Léo Maranhão (Shon Feng) - peso combinado

Até120kg- Sagat Gladiador (Gladiadores) x Junior Dynamite (Team Nogueira)

CARD PRINCIPAL

Até 61kg - Caionã Batista (Nael Pedra) x Roberto Tiuí (Team Formiga)

Até 84kg - Luiz Felipe (Honório Jagunço) x Alan Cabelinho (Team Averas)

Até 77kg - Willian Pitbull (Equipe Pitbull) x Jamaica (Shon Feng)

Até 57kg - Hudson Souza (Shon Feng) x Mário Costa (Relma Combat)

Até 70kg - Leandro Villela (Gladiadores) x Vanderlan Guarda (CMT 12)

Até 77kg - Paulo PQD (Gladiadores) x Marcos Nescau (CMT 12)

Até 65kg - Ramon Safadão x Maicon Macedo (Shon Feng) - peso combinado

Informações adicionais


    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/prime926/public_html/templates/gk_musicity/html/com_k2/default/tag.php on line 94
Publicado em Últimas Notícias

A décima edição do Shooto Brasil em 2017 está recheada de atrações. Neste domingo, dia 26 de novembro, a Arena Upper, no Rio de Janeiro, recebe a 78ª edição da história da organização com algumas novidades. Na luta principal da noite, o potiguar Carlão Silva encara o paulista Felipe Douglas pelo cinturão inaugural dos super-leves (até 74,8kg). Este será o primeiro duelo da divisão no Shooto Brasil. Além dos super-leves, outras três categorias foram incorporadas ao evento após serem incluídas nas Regras Unificadas do MMA desde a última edição. O Shooto Brasil 78 conta com outros dez duelos e começa a partir das 20h com transmissão ao vivo do Canal Combate.

As novas divisões de peso foram incluídas nas Regras Unificadas do MMA após decisão da ACB (Associação de Comissões de Boxe e Esportes Combativos) em julho deste ano e prontamente incorporadas a CABMMA, entidade que regulamenta as edições do Shooto e do UFC no Brasil. Além dos super-leves e dos super-médios, foram criadas também as categorias dos super-meio-médios (até 79,4kg) e dos cruzadores (até 102kg).  A decisão de aderir às novas divisões de peso aos eventos varia de cada promotor. O UFC, por exemplo, ainda não anunciou nenhuma novidade em relação ao assunto. O Shooto Brasil, através de seu presidente Dedé Pederneiras, se pronunciou aprovando a decisão.

“Isso é uma questão que sempre foi necessária, só vejo benefícios. Além de prezar pela saúde dos atletas com a diminuição do corte de peso, ainda damos mais chances a novos campeões surgirem. Agora dificilmente teremos algum atleta que não se encaixa em determinada categoria e acabamos com os pesos combinados. Quanto mais categorias melhor, nós não tivemos dúvidas na hora de implantar isso no Shooto porque com certeza é algo que só traz coisas boas”, afirma Dedé.

Carlão Silva e Felipe Douglas disputam cinturão inaugural

Os protagonistas da luta principal da noite possuem trajetórias bem parecidas. Carlão Silva é natural do Rio Grande do Norte e integra a equipe Kimura, antiga filial da Nova União - o fim da parceria foi anunciado na última semana. Aos 24 anos, Carlão possui um cartel de 10 vitórias e apenas uma derrota. Conhecido pelo seu poder de nocaute, o potiguar vai para o quinto duelo no Shooto Brasil. Ele não atua desde maio deste ano e vem de quatro triunfos consecutivos.

Seu oponente é Felipe Douglas, que integra a tradicional equipe paulista 011. Natural de Taubaté, no interior do estado, Felipe vai fazer sua estreia no Shooto Brasil. Aos 25 anos ele tem bastante bagagem nos eventos nacionais e soma um cartel de 11 vitórias e apenas três derrotas. Assim como Carlão, o paulista tem a maioria de suas vitórias por nocaute e também fez apenas um duelo em 2017, no mês de agosto ao vencer João Paulo de Moura.

O Shooto Brasil 78 terá ainda outros dez duelos, com destaque para o co-main event entre Roger Berger e Zezão Trator, atleta com passagens pelo Bellator e ACB, tradicional evento europeu. Outras lutas que chamam atenção é o duelo peso-pesado entre Wagner Maia e Raphael Pessoa, que seria a luta principal da edição 76 e foi remanejado por uma lesão de Wagner. Além da presença de Kauã Fernandes, uma das promessas da Nova União, diante de Carlos Alexandre.

Shooto Brasil 78

Data: Domingo, 26 de novembro de 2017

Horário: 20h (Ao vivo no Canal Combate)

Local: Arena Upper

Card de lutas

Até 74,8kg: Felipe Douglas (011 MMA Team) x Carlão Silva (Kimura)

Até 77,1kg: Roger Berger (DTM Team / Mezenga Thai) x Zezão Trator (Frankiko Team)

Até 65,7kg: Vavá Lana (Equipe Puro Impacto / G13) x Fiuri Ribeiro (Nova União)

Até 120kg: Wagner Maia (Baixinho Team) x Raphael Pessoa (Team New Corpore)

Até 70,3kg: Evandro Alemão (Equipe Puro Impacto) x Wellinton Silva (Nova União)

Até 61,2kg: Carlos Alexandre (Corinthians MMA) x Kauã Fernandes (Nova União)

Até 56,7kg: Victor Paçoca (TFT / AFTEAM / DAJJ) x Klinger Pinheiro (Nova União)

Até 92,9kg: Lincoln Barbosa (Team New Corpore) x João Paulo King (Nova União)

Até 65,7kg: Luiz Felipe Jones x Vandirson Alves (Rizzo RVT)

Até 65,7kg: Alan Alves (BH Rinos) x Mohamed Camarada (Nova União)

Até 65,7kg: Heder Araújo (Dragon Fight / Nova União) x Leonardo Areas (Street Fighter Top Team)

Informações adicionais


    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/prime926/public_html/templates/gk_musicity/html/com_k2/default/tag.php on line 94
Publicado em Últimas Notícias

No dia 2 de dezembro, o ex-campeão peso-pena do UFC José Aldo retorna ao octógono para a revanche contra o atual campeão Max Holloway, valendo o cinturão da divisão. Na última segunda-feira, dia 20, José Aldo participou de um Media Day no Rio de Janeiro e falou sobre a luta no UFC 218.

Confira algumas declarações de Aldo:

Sobre estar ‘engasgado’ com a derrota para Holloway no UFC 212:
“Para mim, cada luta é uma luta. Isso é um esporte. Você caminha com a vitória ou com a derrota. Acho que aquele que luta sempre, um dia pode perder, é uma possibilidade do esporte. Então, não me vejo engasgado [por ter perdido para o Holloway], mas sim, pelo fato do cinturão não estar comigo. Então, hoje o que me deixa mais motivado a treinar mais é querer recuperar o cinturão. Eu estou com saudade de vencer. Na última luta, não fui muito bem, mas eu estou com uma visão nova, estou querendo lutar, quero muito ir para frente o tempo todo e pode ter certeza, essa luta acaba o quanto antes”.


Estratégia para a luta contra Max Holloway: “Eu não estou pensando no Holloway, se vai ser o Ricardo Lamas, se vai ser o campeão... Não importa quem seja. Eu estou treinando para mim, por mim. Eu estou fazendo as minhas habilidades. Eu não tenho hoje em dia estudado os adversários, ficado preocupado com o que eles fazem. Para mim, pouco me importa. Eu estou lutando por mim. Eu vou chegar lá dentro, vou fazer o meu jogo, vou sufocar do início ao fim e ele que se preocupe com defesa. Eu acho que uma coisa que eu sempre tive na cabeça foi que a melhor defesa é o ataque, então, eu estava nas últimas lutas me resguardando, estava tentando lutar pensando no ponto forte do adversário e isso me atrapalhou bastante. Agora não. Eu quero chegar lá dentro e ser eu, ser o melhor Aldo”.

Primeira revanche contra um lutador que o derrotou: “É uma motivação a mais. Eu já queria ter feito uma revanche da luta contra o Conor que eu perdi, mas não veio. Eu fico feliz não pela revanche, mas pela chance de estar disputando o cinturão novamente. É isso para mim que me motiva, que faz eu acordar cedo, vir treinar cada vez mais, é voltar a ser campeão”.

Sobre voltar a Detroit onde se tornou oficialmente campeão do UFC: “É um fator especial. Foi lá onde eu virei campeão do UFC, onde oficialmente o Dana [White] me entregou o cinturão. Estamos voltando de novo para lá para mais um reinado. Fisicamente e tecnicamente, eu estou numa fase muito boa. Eu passei um pouco de tempo nos Estados Unidos onde eu pude treinar boxe, aprender coisas novas para ajudar no nosso jogo. Então, pode ter certeza que eu vou sufocar do início ao fim”.

Planos se conquistar o cinturão: “Eu quero defender o cinturão. Eu acho que se eu tiver oportunidade de fazer superlutas, para mim, eu adoro, acho que isso chama bastante atenção, a gente ganha com isso, mas a minha prioridade agora é defender o cinturão e fazer mais lutas, acho que isso me atrapalhou, eu senti um pouco, mas agora eu quero lutar uma atrás da outra”.

Sobre migrar para o boxe: Eu tenho o sonho sim de lutar boxe, esse é um desejo pessoal meu, mas antes disso eu tenho um contrato, então, eu vou procurar honrar meu contrato da melhor maneira possível e quem sabe futuramente a gente possa fazer umas lutas de boxe, mas é lógico, como eu sempre falo, começando de baixo. Não quero desafiar ninguém, quero construir uma carreira, acho que eu sou novo ainda, não tenho tanta experiência, mas quando eu estiver livre do contrato, se eu tiver a oportunidade, eu quero ir sim”.M

Informações adicionais


    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/prime926/public_html/templates/gk_musicity/html/com_k2/default/tag.php on line 94
Publicado em Últimas Notícias

A joelhada voadora de Felipe Efrain sobre Nawras Abzakh, que fechou o card preliminar do Brave 9: The Kingdom of Champions da última sexta-feira (17), rendeu ao brasileiro um bônus de performance dado diretamente por Sua Alteza Sheikh Khalid bin Hamad Al Khalifa.

É o segundo bônus do peso galo em duas lutas pelo Brave - ele já havia sido agraciado com o prêmio em sua estreia pela promoção, no Brave 3, em março, quando nocauteou o ex-UFC Walel Watson com um soco no fígado. Com nova vitória, Efrain se coloca entre os principais nomes da divisão até 61 kg., que teve seu primeiro campeão coroado também no Brave 9 - Stephen Loman nocauteou Gurdarshan Mangat e ganhou o cinturão inaugural da categoria.

E por falar em "The Sniper", a performance do filipino, que deu dois knockdowns em Mangat, obrigando o árbitro a interromper a luta de título ainda no primeiro round, também lhe rendeu um bônus. Além de Loman e Efrain, o egípcio Ahmed Amir, que superou Erik Carlsson na decisão, e Abdul-Kareem Al-Selwady, pelo nocaute sobre o brasileiro Erick "Índio Brabo", também ganharam um cheque extra por suas performances.

Como não houve finalizações no evento, a organização do Brave Combat Federation preferiu dar quatro bônus de performance, ao invés de dividir os prêmios em nocaute, finalização e luta da noite.

Informações adicionais


    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/prime926/public_html/templates/gk_musicity/html/com_k2/default/tag.php on line 94
Publicado em Últimas Notícias

 

Apesar da noite ter sido histórica para o MMA no Oriente Médio, o Brave 9: The Kingdom of Champions não teve bons resultados para os brasileiros envolvidos. Apenas um dos quatro lutadores em ação venceu sua luta: o peso galo Felipe Efrain dominou Nawras Abzakh e nocauteou o adversário com uma linda joelhada voadora. Gesias Cavalcante, Erick Índio Brabo e Michael Deiga-Scheck foram nocauteados por Alan Omer, Abdul-Kareem Al-Selwady e Frans Mlambo, respectivamente.

Nas duas lutas principais do evento, a organização coroou dois novos campeões. Pelo peso galo, o filipino Stephen Loman mostrou excelentes e rápidas mãos e nocauteou o favorito Gurdarshan Mangat. Na luta principal, Ottman Azaitar nocauteou o mexicano Alejandro "Pato" Martínez com um chute frontal no estômago após castigá-lo durante três rounds.

Efrain encanta com joelhada voadora

Em um evento recheado de nocautes - foram 10 em 15 lutas -, o brasileiro Felipe Efrain conquistou uma das vitórias mais brilhantes da noite. Produto da Chute Boxe Diego Lima, o peso galo mostrou todo seu muay thai contra o grappler Abzakh, que não conseguiu colocar o adversário para baixo e tomou muitos golpes duros, principalmente ganchos de esquerda.

Porém, foi a joelhada que apagou Nawras. Após ensaiar com joelhos voadores em algumas oportunidades durante o primeiro round, Efrain aproveitou que o assalto estava nos segundos finais para tentar mais uma vez. Desta vez, a joelhada conectou e deixou Abzakh apagado.

Novos campeões

Na luta co-principal da noite, os pesos galos Gurdarshan Mangat e Stephen Loman buscavam fazer história no peso galo. Melhor para o filipino Loman, que mostrou impressionante rapidez com as mãos, conseguiu resistir aos chutes potentes de "St. Lion" e liquidou a fatura ainda no round inicial, com dois knockdowns que obrigaram o árbitro a interromper o duelo.

No peso leve, Ottman Azaitar mostrou todo seu arsenal ofensivo em pé e melhorias no wrestling e jiu-jitsu defensivos para se tornar o primeiro campeão da categoria no Brave. O marroquino foi testado no chão por Alejandro "Pato" Martínez, mas sobreviveu às tentativas de finalização do ex-TUF América Latina e fechou o show no terceiro round com um lindo chute frontal no estômago de Martínez, que chegou a bater em desistência antes da luta ser interrompida.

Resultados Brave 9: The Kingdom of Champions

Card principal:

Luta de título peso leve: Ottman Azaitar venceu Alejandro Martínez por nocaute técnico - Round 3
Luta de título peso galo: Stephen Loman venceu Gurdarshan Mangat por nocaute técnico - Round 1
Peso meio-médio: Jarrah Al Selawe venceu Carl Booth por decisão unânime
Peso leve: Alan Omer venceu Gesias Cavalcante por nocaute técnico  - Round 3
Peso leve: Abdul-Kareem Al-Selwady venceu Erick "Índio Brabo" por nocaute técnico - Round 2
Peso meio-médio: Mohammad Fakhreddine e Tahar Hadbi terminou sem resultado (golpe baixo acidental)
Peso galo: Hamza Kooheji venceu Mohammad Farhad por decisão unânime

Card preliminar:

Peso galo: Felipe Efrain venceu Nawras Abzakh por nocaute técnico - Round 1
Peso leve: Ahmed Amir venceu Erik Carlsson por decisão dividida
Peso galo: Frans Mlambo venceu Michael Deiga-Scheck por nocaute técnico - Round 1
Peso médio: Ikram Aliskerov venceu Jeremy Smith por nocaute técnico - Round 1
Peso casado: Hardeep Rai venceu Sam Patterson por nocaute técnico - Round 1
Peso leve: Charlie Leary venceu Daniele Scatizzi por nocaute técnico - Round 3
Peso galo: Jalal Al Daaja venceu Jeremy Pacatiw por nocaute técnico - Round 1
Peso palha: Haider Farman venceu Atif Mohammed por decisão unânime

 

Informações adicionais


    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/prime926/public_html/templates/gk_musicity/html/com_k2/default/tag.php on line 94
Publicado em Últimas Notícias

Com o conceito de reunir as "belas" e as "feras", o Panthers and Fight Night realizará a sua primeira edição dia 25 de novembro (sábado) no Rio de Janeiro e o palco do show será a Arena Multiuso da Academia Rio Sport Center, na Barra da Tijuca, Zona Oeste da Cidade Maravilhosa. O evento contará com grandes duelos de artes marciais mistas, sendo duas disputas de cinturão, além da grande final do Concurso Musas do MMA.

O card do Panthers and Fight Night terá 10 lutas profissionais, sendo duas disputas de cinturão. Na atração principal da noite, o ex- TUF Brasil 2, Marcio Pedra enfrenta Jeferson "Mão de Pedra" Fonseca para ver quem será o campeão dos meio-médios (até 77kg).

No co-evento, o campeão do Shooto Brasil, Luan Danger e Danver Two Two disputam o cinturão do peso-mosca (até 57kg).

Além dos combates, o Panthers and Fight Night realizará a final do concurso Musas do MMA 2017 que contará com lindas mulheres. No total serão oito candidatas (Raquel Gonze, Day Dias, Hanielle Kimberly, Cassia Figueiredo, Wisnance Reis, Kamilla Dias, Jamila Sandora e Amanda Menezes) que competem em duplas. A cada combate duas concorrentes entram no cage como ring girls e a melhor avança para a próxima fase. As vencedoras serão escolhidas através de votação pela internet.

Para um dos organizadores do evento, Celso Leonardo, a primeira edição vem para marcar, já que levará para o público grandes combates e mulheres bonitas.

"O PFN vem com a missão de misturar o concurso de mulheres bonitas e os combates de MMA. As musas serão as ring girls e disputam a final em sistema de mata-mata, a vencedora será escolhida pelo público através da internet. A cada luta elas vão avançando de fase até a final onde será definida quem será a vencedora do concurso. Estamos colocando tudo que os amantes do MMA gostam, lutas fortes, atletas duros, duelos bem equilibrados e belas mulheres", disse.

O Panthers and Fight Night é uma realização MMA Experience, terá início as 18 horas e a partir das 20hs inicia-se a  transmissão do Canal Combate.

Confira o card do Panthers and Fight Night

Até 77kg - Jeferson "Mão de Pedra" Fonseca (BTF) vs Marcio Pedra (TFT) - disputa de cinturão

Até 57kg - Luan Danger (BPT) vs Danver Two Two (Team New Corpore) - disputa de cinturão

Até 80kg - Dailon (Warriors Thai) vs Lucas Fernando (Rizzo RVT)

Até 84kg - João Maranhão (TFT) vs Cemey dos Santos (BPT)

Até 70kg - Aledio Ferreira (Team New Corpore) vs Renan Costa (TFT)

Até 66kg - Sandro China (Team New Corpore) vs Jaconias Knonny da Viradão (Guerreiros Team Hard)

Até 61kg - Aleandro Caetano (PRVT) vs Luís Carlos "Pará" (BPT)

Até 61kg - Pedro Paulo PQD (Team New Corpore) vs Cosme Soares Baiano (War Machine)

Até 52kg - Hugo Gota (Baixinho Team) vs Wernick Dinamite (BPT)

Até 52kg - Tina Silva (War Machine) vs Kakau Costa (PRVT)

Informações adicionais


    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/prime926/public_html/templates/gk_musicity/html/com_k2/default/tag.php on line 94
Publicado em Últimas Notícias

O New Corpore Extreme realizará no próximo dia 25 de novembro a sua 20ª edição e o palco será a tradicional Arena NCE, em Irajá, na Zona Norte do Rio de Janeiro. O evento contará com um card repleto de boas atrações com direito a duas disputas de cinturão no MMA profissional, além de lutas amadoras de MMA, Muay Thai e Submission.

Durante o dia a edição contará com duelos amadores de MMA, Muay Thai e Submission. A noite será a vez dos profissionais entrarem em ação e a atração principal da 20ª edição será a disputa do cinturão peso-pena (até 66kg), onde a atual campeã Ana Costa defende seu título contra Gisele Barbosa.

Na outra disputa de cinturão da noite, José Carlos e Daniel Pica-Pau se enfrentam para ver quem será o campeão peso-palha (até 52kg). No co-evento principal, Wesley "7 vidas" Targino enfrenta Davi Magliano.

Para o presidente da organização, Renato Dominguez a edição é especial por ser a vigésima do NCE, que vem crescendo no cenário nacional e acredita que está no caminho certo de dar chances a novos talentos.

"Esse evento tem tudo para ser especial já que é o nosso vigésimo e está sendo muito bem falado. A edição está bem compacta e estamos dando uma investida nas lutas femininas na categoria 66 que está ficando bem expoente no Brasil devido a criação dessa categoria no UFC. Estamos mantendo a pegada do evento com Submission, Muay Thai, MMA para buscar novos talentos. Estamos mantendo a marca de fazer um evento por mês durante o ano todo e esse ano tivemos meses que fizemos dois eventos e graças a Deus estamos fechando bem 2017", disse.

Confira o card do NCE 20 - Ediçao Especial

Até 66kg - Ana Costa (Team New Corpore) x Gisele Barbosa (Nova União) - disputa de cinturão

Até 61kg - Wesley "7 vidas" Targino (Team New Corpore) x Davi Magliano (Team Almeida Bross)

Até 52kg - José Carlos ( Pr1mera Fight) x Daniel "PicaPau" Silva (Team Almeida Bros) - disputa de cinturão

Até 93kg - Carlos "Monstrão da Roça" (Game Fight) x Wesley de Souza (Baixinho Team)

Até 77kg - Andrey Augusto (Team New Corpore) x Douglas Mosaico (X-Gym)

Até 120kg- William "Buiu" Santos (Game Fight) x Diego Calmon (Equipe Fernando Caçador)

Até 61kg - William Valentim (Forja V2) x Elizeu Batore (NC Fusion)

Até 77kg - Franco "León" Di Vincenzo (Equipo Leon Team) x Wagner Oliveira (Game Fight)

Até 70kg - Cauatã Samuel (Team New Corpore) x Mailson Alves (Kromos College)

Até 70kg - Pedro Athaide "Jack" (Hebrom Fight) x Luan Gustavo (Equipe RMT)

Até 77kg - Dailon Farias (Warison Thai) x aguardando adversário

Até 66kg - Jaciel Lima (Team New Corpore) x aguardando adversário

Até 61kg - Ronaldo Jacaré (Team New Corpore) x aguardando adversário

Até 70kg - Hugo Bilac (Wariston Thai ) x aguardando adversário

Informações adicionais


    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/prime926/public_html/templates/gk_musicity/html/com_k2/default/tag.php on line 94
Publicado em Últimas Notícias
Página 1 de 406

Comentários

Revista Digital

A Edição 26 da Revista digital da Primeiro Round trás uma matéria especial  com a votação dos melhores do Ano no Paraná. Acompanhe!

Blogs - Primeiro Round

 

 

  


Banner

Publicidade: